Vendée Globe tem mais duas baixas; Ruyant é resgatado após quase afundar

Quando um velejador se inscreve para participar da Vendée Globe, ele sabe que estará sozinho no mar, por um longo período de tempo, enfrentando as mais adversas situações e que incidentes podem acontecer. E é justamente esta parte dos incidentes que nenhum dos 29 inscritos desta edição queria enfrentar. Porém, no final de semana, a regata teve mais duas baixas.

O primeiro foi Stéphane Le Diraison, que viu o mastro do Compagnie du Lit-Boulogne Billancourt vir abaixo no último sábado. No momento do incidente ele estava a 770 milhas da costa australiana, com ventos de 30 a 35 nós. Em conjunto com a sua equipe de terra, o velejador francês, que brigava pela 10ª colocação, vai seguir para Melbourne, na Austrália, com mastreação de fortuna.

O segundo incidente, e bem mais sério, foi com Thomas Ruyant. No domingo o Le Souffle du Nord pour Le Projet Imagine se chocou com um ofni. A batida foi tão forte que o barco quase quebrou ao meio. O barco começou a fazer água na proa e teve o leme de boreste e o deck danificados.

Continuar lendo “Vendée Globe tem mais duas baixas; Ruyant é resgatado após quase afundar”