Treino com chuva na véspera da abertura do Sul-brasileiro de Optimist

sulbra11.jpg

Apesar da chuva neste sábado em Porto Alegre os participantes do 38º Campeonato Sul-brasileiro da classe Optimist aproveitaram para treinar na raia do Guaíba. No Veleiros do Sul já estão 139 velejadores (79 Veteranos e 60 Estreantes) do Brasil (RS, SC, PR, SP RJ e BA), da Argentina e do Uruguai. A abertura do campeonato é neste domingo às 11h, após a reunião de timoneiros, e as regatas começam no domingo, a partir das 13h. O programa prevê 12 regatas para os veteranos e oito para os Estreantes. O campeonato conta com apoio da Jimo e da Confederação Brasileira de Vela.

Lucas Urmenyi é melhor brasileiro no Norte Americano de OP

lucasurmenyi

Após a realização das 3 séries de regatas finais, terminou neste domingo (17/07) o Campeonato Norte Americano de Optimist 2016 realizado em Antígua (Caribe). Participaram do evento 144 velejadores de 20 países e 10 regatas foram disputadas com muito vento e muitas ondas. Hernán Umpierre, do Uruguai, ficou com o título geral, enquanto Stephan Baker, dos EUA, 2º geral, foi o Campeão Norte Americano. A campeã feminina foi Mia Nicolosi, das Ilhas Virgens Americanas (ISV). Lucas Urmenyi foi o velejador brasileiro melhor colocado, na 10º colocação. A classificação dos 20 velejadores brasileiros em cada uma das flotilhas foi a seguinte:

Flotilha ouro

  • 10 – Lucas Urmenyi (BRA 3770)
  • 24 – Jose Irineu da Silva (BRA 2828)
  • 25 – Bernardo Pereira (BRA 3781)
  • 32 – Ricardo Coutinho (BRA 3589)
  • 42 – Vinicius Pereira (BRA 3891)
  • 44 – Ludmila de Lira (BRA 3877)
  • 46 – Luiz Otávio Correia (BRA 3631)

Flotilha prata

  • 6 – Renata Praseres (BRA 3587)
  • 10 – Matheus Azevedo (BRA 3343)
  • 14 – Germano dos Santos (BRA 3562)
  • 22 – Guilherme Berenhauser (BRA 4037)
  • 23 – Rafael Moricz (BRA 4028)
  • 25 – Lars Kunath (BRA 3878)
  • 31 – Samer Kayali (BRA 4027)
  • 34 – Leticia de Lira (BRA 3855)
  • 35 – Julia Ollivier (BRA 3883)
  • 36 – Lorenzo Correa (BRA 3573)
  • 44 – Gustavo dos Santos (BRA 3869)

Flotilha bronze

  • 27 – Marina Garrido (BRA 3868)
  • 31 – Ana Luiza Caetano (BRA 3572)

Confira o resultado completo aqui.

 

Lucas Urmenyi é o melhor brasileiro após cinco regatas do Optinam

13640960_769332249870841_3246767926664068741_o

O Norte Americano de Optimist começou nesta terça-feira em Antigua, no Caribe com fortes emoções para os 144 velejadores inscritos. Após cinco regatas,, Lucas Urmenyi é o melhor brasileiro, em 21º. O líder é o uruguaio Hernán Umpierre. O Brasil está representado por 20 velejadores:

  • BRA 2828 José Irineu da Silva
  • BRA 3343 Matheus Azevedo
  • BRA 3551 Luiz Otávio Correia
  • BRA 3562 Germano dos Santos
  • BRA 3572 Ana Luiza Caetano
  • BRA 3573 Lorenzo Correa
  • BRA 3587 Renata Praseres
  • BRA 3589 Ricardo Coutinho
  • BRA 3770 Lucas Urmenyi
  • BRA 3781 Bernardo Pereira
  • BRA 3855 Leticia de Lira
  • BRA 3868 Marina Garrido
  • BRA 3869 Gustavo dos Santos
  • BRA 3877 Ludmila de Lira
  • BRA 3878 Lars Kunath
  • BRA 3883 Julia Ollivier
  • BRA 3891 Vinicius Pereira
  • BRA 4027 Samer Kayali
  • BRA 4028 Rafael Moritz
  • BRA 4037 Guilherme Berenhauser

Para ver os resultados completos, clique aqui.

Brasil encerra fase classificatória do Mundial de OP na flotilha prata

13512000_1792925850931096_9076577858407045490_n

Depois de três dias de regatas, terminou nesta terça feira  a fase classificatória do Campeonato Mundial de Optimist, que está sendo disputado em Vilamoura,  Portugal. Mais uma vez o vento esteve bastante fraco, variando entre 9 e 10 nós. No total foram realizadas seis séries de regatas nas flotilhas amarela, azul, vermelha e verde. A competição segue agora com a fase final, com a flotilha dividida em ouro, prata, bronze e esmeralda. Duas regatas estão programadas para esta quarta-feira.

O Brasil encerra esta fase nas seguintes colocações:

  •   98º  Nicolas Bernal (BRA 3505)     –  118 pontos – prata
  • 122º  Tiago Monteiro (BRA 3857)    – 141 pontos – prata
  • 137º  Giovane Pistorello (BRA 3629)  – 168 pontos – bronze
  • 146º  Gabriel Kern (BRA 3853)       – 173 pontos – bronze
  • 187º  Guilherme Plentz (BRA 3634) – 202 ponto – bronze

O resultado completo pode ser visto aqui.

Brasil estreia em 89º no Mundial de OP

dsc_1421-estreita.jpg

Começou neste domingo em Vilamoura, Portugal, o Mundial de Optimist. Duas regatas foram realizadas, com vento fraco, entre 6 e 7 nós. O melhor brasileiro nesta estreia foi Gabriel Kern, em 89º. Os outros brasileiros são Guilherme Plentz (126), Tiago Monteiro (128), Nicolas Bernal (162) e Giovanne Pistorello (2015).

O resultado completo do primeiro dia de regatas estão podem ser vistos aqui. As regatas podem ser acompanhadas on-line pelo aplicativo TracTrac tanto em computador quanto em tablets e celulares. No aplicativo também é possível rever cada regata.

Definidos os cinco representantes do Brasil no Mundial de OP

26628921175_d66d85fc76_h.jpg

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) definiu os atletas da Equipe Brasileira de Vela Jovem que vão representar o país no Campeonato Mundial de Optimist, em Vilamoura, Algarve, em Portugal, entre os dias 25 de junho e 4 de julho. Após a realização das duas seletivas nacionais, foram escolhidos o pernambucano Tiago Monteiro, de 15 anos; o paulista Nicolas Yudji Bernal, de 14 anos;  e os gaúchos Gabriel Kern, de 15 anos,  Giovanne Pistorello, de 14 anos, e Guilherme Plentz, de 15 anos.

“É fundamental os jovens participarem deste tipo de competição para ganharem experiência e sentirem o gosto de representar o país. Também é uma ótima oportunidade para intercâmbio com outros jovens. A CBVela tem feito grandes investimentos na Vela Jovem e levar nossos jovens velejadores para competições internacionais é um incentivo para que outros disputem os eventos nacionais e venham praticar vela”, afirmou o presidente da CBVela, Marco Aurélio de Sá Ribeiro.

A primeira etapa da Seletiva Nacional foi realizada entre os dias 8 e 17 de janeiro, no Campeonato Brasileiro de Optimist, no Iate Clube Santa Catarina, em Jurerê. A competição contou com a participação de 133 atletas, de dez estados. A segunda etapa foi o Campeonato Brasil Centro, entre 18 e 23 de abril, na Escola Municipal de Vela de Ilhabela, em São Paulo. Participaram do evento 102 atletas, de sete estados.

Com os atletas selecionados, a CBVela definiu a programação de treinos até o Mundial. Entre esta quinta-feira (dia 26) e domingo (dia 29) , será realizada uma clínica no Clube Jangadeiros, em Porto Alegre (RS). Até a data da viagem, programada para o dia 20 de junho, os atletas classificados participarão de treinos intensivos sob comando do técnico gaúcho Atila Pellin.

“Disputar um Mundial é o sonho de todo atleta. O apoio à vela de base tem de ser sempre estimulado e a CBVela vem realizando um importante trabalho com a Vela Jovem. Será um grande prazer e um desafio ser o técnico da equipe em Portugal. Os garotos estão motivados e temos condições de buscar boas posições”, afirmou Atila Pellin, que trabalhará nesta função pela terceira vez em um Mundial de Optimist.

A classe Optimist é a principal categoria na iniciação da criança na prática da vela. O início da adaptação, treinamentos e participação em eventos esportivos depende da maturidade e familiarização da criança com o meio náutico, porém nunca antes dos 6 anos. O limite de idade para competir oficialmente na classe é 15 anos.

Fundador da classe Optimist morre aos 102 anos

viggo jacobsen.jpg

Viggo Jacobsen, fundador da International Optimist Dinghy Association (IODA) faleceu aos 102 anos no último dia 18 de abril em Aarhus, na Dinamarca, onde vivia. Jacobsen fundou a IODA em 1965 e seus primeiros membros foram a Áustria, Dinamarca, Finlândia, Grã Bretanha, Noruega, Suécia e Estados Unidos. Ele foi presidente da associação por 15 anos, tendo Nigel Rose como vice. Quando se aposentou, a IODA já contava com 44 membros em todos os continentes e 30 países disputando o Campeonato Mundial.

Gabriel Kern é campeão do Brasil Centro de OP

Este slideshow necessita de JavaScript.

Terminou neste sábado em Ilhabela o Brasil Centro de Optimist. O evento reuniu 138 velejadores e serviu como seletiva para o Mundial, Europeu e Norte-Americano. No final, o título geral ficou com o gaúcho Gabriel Kern, do Jangadeiros. Tiago Monteiro, do Cabanga, foi o vencedor da seletiva, que somou este evento com o Brasileiro, disputado em janeiro.

“Comecei o ano vencendo o Brasileiro, que foi disputado com vento fraco, que não é o meu vento, com competidores bem mais leves que eu, mas consegui fazer a média e vencer. No sul-americano não fui tão bem, pois o vento também estava fraco, mas aqui em Ilhabela eu consegui velejar melhor, com vento mais forte e estou na liderança do ranking”, disse Monteiro.

O velejador do Cabanga Iate Clube já está com 15 anos e vai disputar o seu último campeonato mundial de Optimist. “O Mundial vai ser um desafio, pois o nível vai estar alto. Vou treinar bastante e perder um pouco de peso, pois este também será um campeonato de vento fraco”, completou.

O Mundial vai ser disputado em Vilamoura, Portugal, de 25 de junho a 04 de julho de 2016. Além de Tiago também participarão da competição Gabriel Kern, Giovanne Pistorelo, Nicolas Bernal e Guilherme Plentz.

Resultados:

Veteranos

Estreantes

Acumulado Brasil Centro + Brasileiro

 

Pernambucano assume a liderança do Brasil Centro de OP

O velejador do Cabanga Iate Clube de Pernambuco e atual campeão brasileiro de Optimist, Tiago Monteiro (15 anos), venceu as três regatas desta sexta-feira (22) e assumiu a liderança do Campeonato Brasil-Centro e Seletiva de Optimist 2016, que está sendo realizado, em Ilhabela/SP.

Com o resultado, Tiago se isolou na primeira colocação com apenas 11 pontos perdidos (PPs). O segundo colocado é Gabriel Kern (RS), que tem 17 PPs. O pernambucano Roberto Cardoso lidera na categoria infantil e está na sexta posição geral. Entre as meninas, Marina da Fonte ocupa a segunda colocação.

Na categoria estreante o paulista Mário Otávio lidera. Neste sábado (23), os velejadores entram na água para disputa das três últimas regatas do dia que definirá os representantes do Brasil nos três mais importantes campeonatos de Optimist do ano – Mundial, Europeu e Norte-Americano de Optimist.

O critério de classificação definido pela Associação Brasileira da Classe de Optimist (ABCO) é a junção da pontuação do Campeonato Brasileiro de Optimist, realizado em janeiro deste ano em Jurerê/SC, e do Brasil –Centro, que está sendo realizado em São Paulo até este sábado.

Resultados Acumulados

CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO

Campeonato Mundial de Optimist
Local: Vilamoura (Portugal)
Período: De 25 de junho a 04 de julho de 2016
Participação Brasileira: cinco representantes (do 1º ao 5º no Ranking 2016)

Campeonato Europeu de Optimist
Local: Crotone (Itália)
Período: 15 a 22 de julho de 2016
Participação Brasileira: quatro representantes (do 6º ao 8º menino, mais uma vaga feminina)

Campeonato Norte Americano de Optimist
Local: Antigua (Caribe)
Período: 10 a 18 de julho de 2016
Participação Brasileira: 15 representantes – (os meninos que ficarem do nono ao 19º lugar no ranking geral e mais quatro meninas)

Fonte: Cabanga

Velejador do YCSA lidera Brasil Centro de OP

13071925_1073413859371503_6934676199572900712_o

Começou nesta quarta-feira em Ilhabela o Campeonato Brasil Centro de Optimist. O evento, que segue até domingo, é válido como seletiva para os campeonatos norte-americano, europeu e mundial da classe, que serão disputados em English Harbour na Antígua, Crotone na Itália, e Vilamoura em Portugal respectivamente.

Ao todo 121 velejadores participam da competição, divididos em estreantes e veteranos. Entre os mais experientes, Nicolas Bernal, do YCSA, é o líder. Dentre os que estão começando, o líder é Felipe Berardo, do ICRJ.

Confira as súmulas completas do primeiro dia de regatas:

Veteranos

Estreantes