Equipe brasileira embarca para o Mundial da Juventude

Tiago Quevedo 01_Crédito Peu Fernandes CBVela.jpg

O futuro da vela brasileira vai começar a despontar a partir da próxima segunda-feira, dia 16, nas águas de Corpus Christi, no litoral do Texas, nos Estados Unidos. Com 12 atletas (seis meninas e seis meninos), a delegação do país disputa o Mundial da Juventude e estará na briga nas classes RS:X (masc. e fem.), 420 (masc. e fem.), Laser Radial (masc. e fem.) e 29er (masc. e fem.). As regatas de medalha estão marcadas para sexta-feira, dia 20.

A delegação embarca na madrugada desta sexta-feira, dia 13, com uma novidade no comando. O uruguaio Juan Ignacio Sienra foi contratado pela Confederação Brasileira de Vela (CBVela) para ser o coordenador técnico da Vela Jovem e estará à frente da equipe, com o objetivo de desenvolver talentos para as classes olímpicas. Continuar lendo “Equipe brasileira embarca para o Mundial da Juventude”

Semana de Monotipos chega ao fim com a presença de mais de 200 velejadores

A 45ª Semana de Vela de Monotipos de Ilhabela teve domínio dos irmãos Torben e Lars Grael no Campeonato Brasileiro de Star e predominância dos atletas locais no pódio da maioria das classes. A competição reuniu mais de 200 barcos, 300 atletas e terminou nesta segunda-feira (9), na Capital Nacional da Vela.

Torben Grael conquistou o titulo brasileiro de Star. Velejando com o proeiro com Arthur Lopes, o bicampeão olímpico venceu as duas últimas das seis regatas disputadas em Ilhabela para conquistar o título com nove pontos perdidos. Seu irmão, Lars, terminou com o vice-campeonato. Ao lado de Samuel Gonçalves, o Samuca, também cruzou em primeiro em duas corridas, mas com 12 pontos perdidos. Marcelo Bellotti e Pedro Bolder ficaram com o terceiro lugar, com o mesmo número de pontos perdidos.

“O campeonato foi corrido, apenas três dias, mas muito bacana. Tivemos vento bom no primeiro e último dias. Apenas no domingo foi fraco, mas ainda sim conseguimos fazer uma regata. No total foram seis, o que é um bom número. A raia estava boa, bem difícil. Fico feliz com o resultado, principalmente porque estou há um tempo sem treinar especificamente para a classe”, afirmou o campeão Torben Grael. Continuar lendo “Semana de Monotipos chega ao fim com a presença de mais de 200 velejadores”

Projeto Grael vai realizar o Seminário Barcos como Instrumento de Educação

Convite Seminario

O Projeto Grael vai realizar o Seminário Barcos como Instrumento de Educação com o objetivo de proporcionar a capacitação focada no esporte, para o desenvolvimento humano integral, com ênfase em modalidades náuticas: vela, canoagem e remo.

A programação do Seminário prevê oficinas práticas, palestras e mesas com profissionais renomados, especialistas em pedagogia do esporte, psicologia do esporte, esporte educacional, aulas teórico-práticas de canoagem, remo e vela, além da importante participação dos irmãos Grael, Lars, Torben e Axel.

De acordo com o coordenador de Desenvolvimento esportivo do Projeto Grael, André Martins, os esportes náuticos são extremamente ricos em valores para a vida e trazem aprendizados que vão muito além das técnicas esportivas. Saber explorar todo esse potencial é a chave para promover uma educação esportiva saudável, focada no desenvolvimento integral de crianças, jovens e adultos e o seminário busca contribuir para a formação e qualificação desses profissionais aptos a atender essa importante tarefa. Continuar lendo “Projeto Grael vai realizar o Seminário Barcos como Instrumento de Educação”

Iate Clube Brasileiro cancela Mini Circuito Niterói

23131993_1713494148691894_1750107670162796222_n

O Iate Clube Brasileiro anunciou nesta segunda-feira o cancelamento do Mini Circuito Niterói, evento aberto a barcos de até 29,9 pés. O evento estava marcado para os dias 4 e 5 de agosto. Segundo a nota, o clube diz que “está buscando garantir para o ano de 2019 uma estrutura organizacional compatível com a importância do evento para o desenvolvimento da vela no Estado do Rio de Janeiro”.

 

Semana de Monotipos de Ilhabela reúne Torben, Lars Grael e outras feras no Brasileiro de Star

341054_805042_lars_samuca_1__ustudio_o_web_

A 45ª Semana de Vela de Monotipos abre a programação náutica do mês de julho em Ilhabela a partir desta sexta-feira (6). Serão mais de 200 barcos divididos entre 20 classes e um dos maiores destaques será a Star, que reunirá grandes velejadores para a disputa do Campeonato Brasileiro. Entre os maiores nomes da competição estão Torben e Lars Grael. Os irmãos, aliás, travarão um duelo familiar valendo a hegemonia nacional nas águas da Capital Nacional da Vela.

Torben soma oito títulos brasileiros na Star, sendo sete como timoneiro e um como proeiro, 1981, ao lado do tio Erik Schmidt. Lars tem sete conquistas, todas como timoneiro, incluindo a vitória no ano passado, ao lado de Samuel Gonçalves, o Samuca. “Apesar dos números, não existe clima de rivalidade. Tenho muita admiração, carinho e respeito pelo Torben e velejar contra ele é sempre uma honra, seja ganhando, raramente, ou perdendo, quase sempre”, explica um bem humorado Lars, lembrando que o irmão, que terá Guilherme de Pádua como parceiro, conquistou o título europeu no ano passado.

Atual campeão brasileiro e vice no Mundial da Dinamarca em 2017, Lars Grael chega a Ilhabela na quinta-feira (5) com o objetivo de ir para o mar para finalizar sua preparação para as regatas que começam no sábado (7). “Vou tentar velejar antes do jogo da Seleção Brasileira (o Brasil disputa as quartas de final da Copa do Mundo contra a Bélgica às 15h). Confesso que estou em um ritmo fraco de velejada de Star ultimamente, mas vou tirar a ferrugem pois faço questão de prestigiar a Semana de Vela de Monotipos”, completa Grael, que apesar do discurso despretensioso, vem de vitória no Hemisfério da classe Star, disputado em Miami entre os dias 12 e 15 de abril e vai lutar pelo bicampeonato no litoral norte paulista. Continuar lendo “Semana de Monotipos de Ilhabela reúne Torben, Lars Grael e outras feras no Brasileiro de Star”

Shows musicais, atrações culturais e regatas aquecem o turismo de Ilhabela em julho

341004_804888_race_village_2017_marco_yamin_prefeitura_ilhabela_web_

Para quem associa julho a passeios em regiões serranas, está na hora de ampliar horizontes, pois litoral também combina com inverno. Conhecida como a Capital Nacional da Vela, Ilhabela oferece atrações em terra e no mar. Neste mês, além das belezas naturais, clima ameno, brisa oceânica e centenas de barcos na água para regatas de alto nível em diversas competições, a cidade respira arte, com atrações musicais e culturais. Durante 22 dias o espaço Race Village receberá shows, palestras, exposições e apresentações a partir deste sábado (7), na Praça das Bandeiras, no Centro Histórico do município, que incluem nomes como Gabriel, o Pensador, Diogo Nogueira e Os Paralamas do Sucesso. Todas as atrações têm entrada gratuita ao público.

“O Race Village é um espaço que criamos para interação entre população, velejadores e turistas, que traz atrações para o entretenimento de todos, tanto para os amantes do setor náutico, quanto para os visitantes e locais que estarão prestigiando, acompanhando e aproveitando o evento”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo Ricardo Fazzini. Para ele, unir esporte e cultura em um município com tantas belezas naturais como Ilhabela transforma a cidade em um destino imperdível para as férias de julho. Continuar lendo “Shows musicais, atrações culturais e regatas aquecem o turismo de Ilhabela em julho”

Semana de Monotipos abre programação do mês da Vela em Ilhabela

340976_805049_000_4665___copia_web_

Ilhabela não ostenta o título de Capital Nacional da Vela por acaso. Todo ano, no mês de julho, o município recebe centenas de velejadores para diferentes competições. A temporada 2018 começa nesta sexta-feira (6), com a 45ª Semana de Vela de Monotipos. A competição segue até segunda-feira (9) e vai reunir mais de 200 barcos, divididos entre diferentes classes.

A programação oferece oportunidade para jovens velejadores, desde a categoria mirim, até atletas experientes, como os que disputarão o Campeonato Brasileiro de Star e o Campeonato Sudeste Brasileiro de Hobie Cat, Laser e Snipe. “Além das competições paralelas, com grandes nomes da vela, como o medalhista olímpico Lars Grael, a Optimist vai receber muitos barcos, porque o brasileiro da classe vai ser em Ilhabela em 2019 e muitos velejadores do Rio e Brasília virão treinar e conhecer a raia”, explica Cuca Sodré, coordenador técnico da Semana de Monotipos. Continuar lendo “Semana de Monotipos abre programação do mês da Vela em Ilhabela”

America´s Cup: Equipe americana anuncia seus velejadores

Resultado de imagem para terry hutchinson

A equipe americana American Magic anunciou a primeira lista de velejadores que integrarão o time na próxima America´s Cup. Sob o comando do skipper Terry Hutchinson, o time do New York Yacht Club terá nove velejadores americanos, quatro neozelandeses, dois britânicos, um argentino e um australiano. Confira a lista:

Timoneiros/táticos: Dean Barker (Auckland), Andrew Campbell (San Diego), Bora Gulari (Detroit), Ian Moore (Cowes, Grã Bretanha).

Trimmers: Trevor Burd (Marblehead, Massachusetts), Maciel Cicchetti (Mar del Plata, Argentina), Paul Goodison (Sheffield, Grã Bretanha), David Hughes (Miami).

Especialistas: Matt Cassidy (San Diego), Sean Clarkson (Kerikeri, New Zealand), Jim Turner (Auckland).

Grinders: Cooper Dressler (Coronado, Califórnia), Luke Muller (Ft. Pierce, Flórida), Caleb Paine (San Diego), Luke Payne (Fremantle, Austrália), Joe Spooner (Auckland).

Técnico: James Lyne of Granville (Vermont).

 

 

Brasil coloca cinco velejadores no TOP 20 do Norte Americano de Optimist

36281909_226741861268089_3890786602586210304_n

Puerto Vallarta, no México, foi o palco do Norte Americano de Optimist 2018, que reuniu nada menos que 149 velejadores, de 14 países. O Brasil levou uma deleção de 17 jovens velejadores e conseguiu bons resultados. A equipe BRA1 levou a medalha de prata na Nations Cup Team Racing com Luiza More (RS), Antonio da Fonte (PE), Mario de Carvalho Jr (SP), Pedro Muricy (RJ) e Pedro Henrique Wiegrand (RJ).

Na classificação geral, cinco atletas terminaram entre os 20 melhores. Antonio da Fonte foi o melhor, em sexto lugar; Mario Otavio Jr ficou em 13º, João Pedro Cardoso em 15º, Marcelo Souza em 16º e Pedro Muricy em 19º.

Os outros resultados da flotilha ouro foram os seguintes: Miguel Machado (32), Pedro Henrique Cardoso (35), Gabriela Vassel (49), Theo Chao (62), Pedro Henrique Wiegrand (63). Na flotilha prata, os resultados foram: Julia Ollivier (3), Luiza More (7), Newton Passos (8), Clara Mateus (10), Leonardo Didier (30), Eduardo Guimarães (36) e Manuela da Cunha (47).

Os resultados completos podem ser vistos aqui.

 

 

 

 

Alexandre Paradeda e Pedro Caldas são top 10 no Mundial Master de Snipe

O Mundial Master da classe Snipe chegou ao fim em Vilamoura, Portugal, com vitória espanhola na categoria geral. Damian Camps e Jordi Pons venceram nada menos que cinco das sete regatas disputadas. Dentre os brasileiros, Alexandre Paradeda e Pedro Caldas foram os melhores, terminando na 7ª colocação geral. Paulo Santos e Tiago Sangineto, em 26º geral, levaram para casa o título de Master Legend.

Também participaram do campeonato as duplas Adriano Santos e Cristian Franzen (11), Ralph Rosa e Daniel Claro (13), Carlos Menezes e Augusto Gomes (48), Carlos Traversa e Alberto Hackerott (50), Mario Eugenio Bonetti Tavares e Rebeca Abreu dos Santos (54), Roberto Camps e Maria Laura Varela (56) e Enio Lineburger e Eric Lineburger (64).

Confira o resultado completo em: http://bit.ly/2tZTONv