Seletiva Sul-Americana para Tóqui termina nesta sexta

Depois de ser palco das competições de Vela dos Jogos Olímpicos Rio 2016, a Marina da Glória recebe a partir desta terça-feira, 26/11, a Regata Seletiva Sul-Americana para Tóquio 2020 das classes Laser, Laser Radial e Finn organizada pela Confederação Brasileira de Vela, pela Federação de Vela do Estado do Rio de Janeiro e pela World Sailing. A competição, que conta com juízes internacionais, vai distribuir uma vaga por classe para os Jogos Olímpicos do ano que vem. Participam do evento 29 atletas do Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, Peru, Chile e Venezuela.

A fase classificatória acontece até o dia 29/11 e a disputa da regata da medalha será no sábado, 30/11. O país que vencer a regata carimba o passaporte para o Japão, desde que já não esteja classificado. Com a participação nas Olimpíadas já garantida nas classes Finn e Laser, o Brasil tem a chance de conquistar na seletiva a vaga na Laser Radial, disputada por mulheres.

da assessoria

Martine e Kahena se preparam para o Mundial de 49erFX

A dupla campeã olímpica de Vela Martine Grael e Kahena Kunze está em Auckland, na Nova Zelândia, nos preparativos finais para o Mundial da classe 49erFX. As brasileiras estão disputando o Campeonato da Oceania

“Estamos bem contentes com as preparações deste ano em geral e contentes de ter retomado o trabalho com o Javier Torres. A organização está nota 10 fora da água, é o primeiro evento com coleta seletiva de lixo, proibição de garrafas de plástico e incentivo à descontinuar consumo de coisas descartáveis. E também nota 10 dentro d’água, o Campeonato da Oceania é um teste para o Mundial, tanto para os atletas quanto para a organização. Está sendo ótimo”, conta Martine Grael.

Continuar lendo “Martine e Kahena se preparam para o Mundial de 49erFX”

Dobradinha Grael no Brasileiro de Star

Terminou no último domingo no Rio de Janeiro o Brasileiro da Classe Star. O evento reuniu 17 duplas de São Paulo e Rio de Janeiro e teve uma boa surpresa no pódio. Nicholas Grael, ao lado do proeiro Pedro Trouche, ficou com a segunda colocação, perdendo apenas para seu pai Lars Grael. Alan Adler e Arthur Lopes completaram o pódio.

Os bons resultados foram comemorados por Lars em suas redes sociais:

“Nada mais saudável para a classe Star do que reunir neste evento vários medalhistas olímpicos, como Reinaldo Conrad, bruno Prada, Torben, que na semana passada disputou a Taça Royal Thames, e tantos outros destaques internacionais como Samuel Gonçalves, Arthur Lopes, Henry Boening, Guilherme Almeida.

Continuar lendo “Dobradinha Grael no Brasileiro de Star”