Fernanda Oliveira e Ana Barbachan são 5º na Copa do Mundo de Vela na França

Os ventos fracos de Marselha neste domingo, dia 9, não foram suficientes para impulsionar Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan ao pódio na etapa Final da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela). Após longa espera pelo começo da regata da medalha por falta de vento, as velejadoras entraram na água no limite do horário previsto para a largada, cruzando a linha de chegada em quarto lugar e terminando o campeonato na quinta colocação, com 80 pontos perdidos.

“A semana foi de ventos fortes em Marselha, o que para nós foi uma ótima preparação e tivemos uma evolução boa na parte técnica. A regata da medalha estava bem aberta em termos de colocações. Os barcos estavam com pontuações bem próximas e isso deixou a regata bem tensa”, disse Fernanda Oliveira.

Com ventos irregulares, as brasileiras velejaram a regata da medalha praticamente o tempo todo entre as cinco primeiras colocadas. Até o fim da prova, elas estiveram na cola das francesas Camille Lecointre e Aloise Retornaz, que acabaram com o ouro; e das britânicas Hannah Mills e Eilidh McIntyre, que ficaram com a prata. O bronze foi para as espanholas Silvia Mas Depares e Patricia Canteros Reina. 

A dupla brasileira da 470 feminina faz até aqui uma temporada muito consistente em 2019, com resultados sempre no top 6 dos eventos internacionais de que participaram. Fernanda e Ana foram bronze na Copa do Mundo de Miami, ouro na Copa do Mundo de Gênova, ouro no Sul-Americano, 6º no Troféu Princesa Sofia, na Espanha; e agora o 5º lugar em Marselha.

“Nós ficamos bem felizes com o primeiro semestre deste ano. Acabar sempre entre as seis primeiras, com duas medalhas, isso foi bem importante”, afirmou Fernanda. 

A Final da Copa do Mundo foi a última das quatro etapas da temporada 2018/2019 do circuito da World Sailing. Com exceção de Marselha, o Brasil foi ao pódio em todas as regatas: Enoshima (Japão), em setembro do ano passado; Miami (Estados Unidos), no último mês de janeiro; e Gênova (Itália), em abril. Ao todo, foram seis medalhas, sendo quatro ouros, uma prata e um bronze.

Agora, as atenções da Equipe Brasileira de Vela se voltam para os eventos do segundo semestre, incluindo os Jogos Pan-Americanos Lima 2019, os Campeonatos Mundiais de cada classe e o evento-teste dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, de 15 a 22 de agosto, em Enoshima.

O primeiro Campeonato Mundial de classe olímpica previsto no calendário é da Laser Standard, de 2 a 9 de julho, em Sakaiminato, no Japão.

Medalhas do Brasil na temporada 2018/2019 da Copa do Mundo:

Etapa de Enoshima (Japão), setembro de 2018

Ouro. Martine Grael e Kahena Kunze (49er FX)

Etapa de Miami (EUA), janeiro de 2019

Ouro. Martine Grael e Kahena Kunze (49er FX)

Prata. Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino (Nacra 17)

Bronze. Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan (470 feminina)

Etapa de Gênova (Itália), abril de 2019

Ouro. Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (470 feminina)

Ouro. Jorge Zarif (Finn)

Mais informações: http://wcsf.marseille.ffvoile.fr/

Resultados completoshttp://sailing.org/worldcup/results/index.php

Da assessoria / foto: Sailing Energy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s