Scheidt disputa Semana de Vela de Hyères, na França

Robert Scheidt está em Hyères, onde, a partir desta segunda-feira (29), inicia a disputa da Semana Olímpica de Vela da França. Será a segunda competição do bicampeão olímpico na sua jornada em busca da classificação na Classe Laser para os Jogos de Tóquio, em 2020. “Cheguei na quinta-feira (25) e treinei na sexta e no sábado. Já me sinto mais preparado e estou bastante animado e confiante em conseguir boas velejadas”, conta.

Scheidt volta a competir menos de um mês após seu retorno às grandes competições. Dia 5 de abril, ele encerrava sua participação no 50º Troféu Princesa Sofia, em Palma de Mallorca, na Espanha. A avaliação foi positiva, pois, com apenas dois meses de treino e mais de dois anos afastado de importantes disputas na Classe Laser, ficou a apenas 12 pontos perdidos da medal race. Agora, vai colocar seu barco nas águas francesas com mais tempo de preparação. 

“Foi muito bom ter ido para Palma. Me fez evoluir bastante. Depois da competição na Espanha, também diz bons treinos em casa (no Lago Di Garda, na Itália). Com isso, estou bem animado”, explica o maior medalhista olímpico da história do Brasil, com cinco pódios. “Vamos ver se consigo melhorar o resultado em relação ao Princesa Sofia. Mas sei que será uma disputa dura. A flotilha está bastante forte. Vamos ter velejadores da Austrália e Nova Zelândia. Serão 150 a 160 barcos na água, com previsão de vento forte”, completa.

Continuar lendo “Scheidt disputa Semana de Vela de Hyères, na França”

Búzios sedia um dos maiores Sul-Americanos de Windsurf da história

A vela brasileira vem fazendo bonito mundo a fora e agora chegou a vez da vela mundial fazer bonito no Brasil. A partir desta quarta-feira a cidade de Búzios vai receber o Sul-Americano de Wind Surf, que já tem mais de 100 inscritos e tem tudo para ser um dos maiores dos últimos tempos. Serão quatro eventos em um: RS:X e RS:X Youth, Techno 293 e Techno 293 Plus, Formula, e Raceboard e Open Foil, sendo que para os Foils esta será a primeira edição de um campeonato sul-americano. Além dos brasileiros, estão confirmados atletas do Egito, México, Chile, Peru, que tem a maior delegação, com 18 atletas entre 12 e 17 anos, e Argentina, que usará a competição do RS:X para fazer a sua seletiva pan-americana.

“Estamos batendo recorde de inscritos no Sul-Americano e queremos manter Búzios na rota dos eventos internacionais, fazendo ao menos uma grande competição por ano”, disse Bimba, um dos maiores velejadores da modalidade do país e organizador do evento.

As regatas seguem até o dia 5 e os resultados podem ser acompanhados aqui.