Quatro brasileiros aparecem no top 10 do Princesa Sofia

As meninas do Brasil estão fazendo bonito no Trofeo Princesa Sofia, que está sendo disputado em Palma de Maiorca, na Espanha. Martine Grael e Kahena Kunze estão em segundo lugar na classe 49er FX, a apenas quatro pontos das líderes Charlote Dobson e Saskia Tidey. Na 470, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan aparecem em oitavo lugar. Dentre os homens Robert Scheidt é o melhor colocado em 10º na Laser, enquanto Jorginho Zarif está em 10º na Finn.

O dia não começou tão bem para Scheidt nesta quarta. Na primeira regata, terminou apenas na 24ª colocação. Porém, na disputa seguinte, conseguiu uma recuperação em grande estilo e cruzou a linha de chegada em 5º lugar. Com os descartes, ele deu um salto de 14 posições.

“Com a flotilha ouro, que reúne os melhores colocados nas primeira regatas, sabia que as disputas aumentariam de nível. A receita segue sendo a mesma, mantendo o foco e tentando melhorar sempre um pouco mais”, avalia o maior medalhista olímpico da história do Brasil, com cinco pódios.

O Troféu Princesa Sofia é o primeiro grande teste para Scheidt após decidir fazer campanha para a Olimpíada de Tóquio, em 2020, há pouco mais de dois meses. O bicampeão olímpico busca a sexta medalha olímpica, a quarta na classe Laser, na qual acumula os ouros em Atlanta/1996 e Atenas/2004 e uma prata (Sidney/2000). Se conseguir a classificação, Scheidt será o recordista brasileiro em participações em Olimpíadas, com sete no currículo.

Após o Troféu Princesa Sofia, Scheidt seguirá para outras competições importantes. Neste mês de abril, participa do Campeonato Europeu, em Hyères, na França. Na sequência, vai disputar o Mundial no Japão, a partir de 3 de julho.

Equipe verde-amarela – O Brasil tem 22 velejadores na 50ª edição do evento. Além de Robert, a Equipe Brasileira de Vela reúne nomes de peso como as campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze (49er FX), as medalhistas olímpicas Fernanda Oliveira (470 feminina) e Isabel Swan (Nacra 17), e o campeão mundial Jorge Zarif (Finn). Por outro lado, a delegação tem estreantes como Giovanna Prada, da RS:X feminina, de 17 anos. A filha de Bruno Prada (companheiro de Robert Scheidt na conquista de duas medalhas olímpicas na classe Star)  prepara-se para o Mundial de Vela Jovem, em julho.

Da assessoria / foto Pedro Martinez

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s