Equipe brasileira estreia no Princesa Sofia

“Acredito que foi um bom começo de campeonato. Estou contente pela maneira que consegui velejar, com confiança na minha velocidade. O barco está andando bem, mas sempre dá para melhorar um pouco aqui e ali. É o que vou fazer: tentar melhorar um pouquinho a cada dia”. Este é o resumo de Robert Scheidt para o primeiro dia de disputa do Troféu Princesa Sofia, em Palma de Mallorca, na Espanha, onde conseguiu dois oitavos lugares. A competição é o primeiro grande teste do bicampeão olímpico após decidir fazer campanha para a Olimpíada de Tóquio, em 2020.

Scheidt foi o oitavo nas duas regatas desta segunda-feira (1), entre mais de 190 barcos da classe Laser. A organização do Troféu Princesa Sofia, contudo, cometeu um erro e não computou o resultado do velejador brasileiro na primeira regata. “Entramos com pedido de ajuste e vamos aguardar até amanhã de manhã (esta terça-feira) para ver se deu tudo certo. Mas o importante é que estou feliz com a forma como velejei. Tivemos um primeiro dia bem longo na água, muita espera pelo vento em uma raia bem afastada. Mas estou bem e confiante para seguir na competição”, explicou o maior medalhista olímpico da história do Brasil, com cinco pódios.

Continuar lendo “Equipe brasileira estreia no Princesa Sofia”