Cabanga recebe Pernambucano de Laser

A sede de Maria Farinha do Cabanga receberá, neste final de semana, o Campeonato Pernambucano da classe Laser. No sábado (1º) e domingo (2), barcos de Laser Radial, Standard e 4.7 disputarão seis regatas em busca do título estadual. Serão três em cada dia e na sexta haverá um descarte.

As inscrições estão abertas até o próximo sábado (1º), às 10h, e podem ser feitas junto à flotilha da classe do Cabanga. Será cobrado o valor de R$ 50 por embarcação, que também pode ser pago no momento da inscrição no Cabanga de Maria Farinha, até o dia do evento.

A programação do Campeonato Pernambucano de Laser marca para as 11h do sábado a primeira das três largadas do dia. Já no domingo, as três últimas disputas iniciam às 10h na raia de Maria Farinha.

Serão premiados os três primeiros colocadores geral das classes Laser Radial, Standard e 4.7. Além de os primeiros três das categorias Estreante, Juvenil, Feminino, Sênior, Master e Grand Master, que tiverem cinco ou mais inscritos.

da assessoria

Definidos os representantes brasileiros para o Pan

O encerramento da Copa Brasil 2018, neste sábado, dia 24, na Sede Oceânica Jurerê do Iate Clube de Santa Catarina, em Florianópolis, marcou a virada do calendário da vela brasileira. Os campeões da principal competição do país, disputada ao longo da última semana, garantiram vaga na equipe principal do Brasil para 2019. Nas classes olímpicas, os vencedores foram: Fernanda Oliveira/Ana Barbachan (470 feminina), Patrícia Freitas (RS:X feminina), Gabriella Kidd (Laser Radial), Samuel Albrecht/ Gabriela Nicolino (Nacra 17), Jorge Zarif (Finn), Geison Mendes/Gustavo Thiesen (470 masculino), Marco Grael/Gabriel Borges (49er), Brenno Francioli (RS:X masculina) e Bruno Fontes (Laser Standard).

Além disso, a dupla Juliana Duque/Rafael Martins foi a vencedora da Snipe, e Bruno Lobo foi o campeão na Fórmula Kite. Eles farão parte da Equipe Brasileira Pan-Americana para os Jogos de Lima 2019, junto com os ganhadores da RS:X (masculina e feminina), Laser Standard e Nacra 17.

Continuar lendo “Definidos os representantes brasileiros para o Pan”

Com Pan no horizonte, Fórmula Kite tem primeiro dia de regatas na Copa Brasil

Nico Laudaner©2018_Gabriel_Heusi.jpg

O céu de Florianópolis esteve mais colorido nesta quinta-feira (22). As primeiras regatas do kitesurfe marcaram o dia de competição na Copa Brasil de Vela 2018, na sede Oceânica Jurerê do Iate Clube de Santa Catarina. E os riders entraram na água com um objetivo a mais: a disputa é válida também como Campeonato Sul-Americano e este ano vai definir o representante do Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, na estreia da classe no evento continental.

O cenário da Fórmula Kite é de evolução. Além do Pan, a classe foi incluída pela World Sailing (Federação Internacional de Vela) no programa dos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

“O kitesurfe está tendo uma visibilidade grande nos últimos anos. E o Pan é um evento muito grandioso, só fica atrás dos Jogos Olímpicos. É um sonho ter o kite nesse patamar”, afirmou Bruno Lobo, campeão do Circuito Brasileiro da classe este ano.

Com ventos de 8 a 12 nós, menos intensos em relação aos dias anteriores, o americano Nico Landauer saiu na frente com quatro pontos perdidos (1+2+1). Bruno Lobo aparece em segundo lugar, com 6 p.p. (2+1+3), logo à frente do mexicano Xantos Villegas (12 p.p.). Ao todo, 25 riders participam da competição. Continuar lendo “Com Pan no horizonte, Fórmula Kite tem primeiro dia de regatas na Copa Brasil”

Definidos os campeões da Copa ICS de Regatas de Percurso

351003_844799_qw2a8642_web_ (1)

Chegou o momento de premiar os participantes da Copa ICS de Regatas de Percurso 2018. A disputa, promovida pelo Iate Clube de Santos com apoio do Clube Internacional de Regatas, da ABVO, FEVESP e da Classe RGS/BRA, chega em sua terceira edição fortalecida pelos amantes da Vela de Oceano. No total foram vinte e quatro barcos das classes IRC, RGS e RGS-Silver que disputaram pontos corridos em três regatas de percurso longo: Volta da Laje de Santos, Volta da Laje da Conceição e Volta da Ilha dos Arvoredos. Neste ano, a 3ª etapa, Volta da Ilha das Cabras foi cancelada por orientação da Marinha do Brasil devido ao mau tempo.

O clube premiará os competidores pela conquista do 1º, 2º e 3º lugar em coquetel especial, no dia 7 de dezembro, sexta-feira, às 20h, na sede Guarujá do ICS

Veja quem são os ganhadores do ano:

Classe IRC

1º colocado Asbar IV
2º colocado Inaê 40
3º colocado Rudá

Classe RGS

1º colocado Bravo
2º colocado Victoria X
3º colocado Orca

Classe RGS-Silver

1º colocado Harmonie

Da assessoria  / Douglas Moreira

Torben Grael acompanha regatas e orienta jovens velejadores na Copa Brasil

Torben Grael 4_Crédito Juan Ignacio Sienra

Reunindo campeões olímpicos, mundiais e pan-americanos, a Copa Brasil de Vela 2018 teve regatas disputadas e decididas nos detalhes nesta quarta-feira (21), segundo dia de competição. Porém, o nível técnico do evento também é alto nos botes de quem está acompanhando o campeonato. Coordenador técnico da vela brasileira e dono de cinco medalhas olímpicas, Torben Grael passou o dia acompanhando os promissores velejadores que disputam as classes da Vela Jovem e passando orientações valiosas.

“Vendo de fora a gente consegue auxiliar de muitas maneiras e essa troca é sempre bacana, especialmente com os velejadores mais novos. Desde o último ciclo olímpico a CBVela tem feito um trabalho forte com os atletas de Vela Jovem e no futuro isso trará bons resultados”, avalia Torben Grael, que também elogiou bastante a estrutura da Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina. Continuar lendo “Torben Grael acompanha regatas e orienta jovens velejadores na Copa Brasil”

Disputa acirrada na Nacra 17 marca primeiro dia da Copa Brasil

João Bulhões e Isabel Swan©2018_Gabriel_Heusi.jpg

O primeiro dia de regatas da Copa Brasil de Vela 2018 teve uma disputa particular na raia da Sede Oceânica Jurerê do Iate Clube de Santa Catarina, nesta terça-feira, dia 20. Na classe Nacra 17, um duelo de alto nível técnico teve como protagonistas, de um lado, a dupla Samuel Albrecht/ Gabriela Nicolino, 5ª colocada no Campeonato Mundial deste ano; e do outro lado a recém-formada parceria de João Bulhões com a medalhista olímpica Isabel Swan.

Samuel e Gabriela pularam na frente, vencendo duas das três regatas do dia e somando 4 pontos perdidos (1+1+2). Mas João e Isabel ganharam a outra prova desta terça-feira e estão em segundo lugar (8 p.p., 4+3+1). O confronto promete ser uma das grandes atrações do campeonato, até porque está em jogo também a classificação para os Jogos Pan-Americanos de Lima 2019. Continuar lendo “Disputa acirrada na Nacra 17 marca primeiro dia da Copa Brasil”

Definidos os campeões do Sul-Brasileiro de Optimist

unnamed (42)

Após três dias de bons ventos o domingo amanheceu com muita chuva em Florianópolis e a calmaria obrigou a comissão a cancelar as regatas previstas para o último dia do 40º Campeonato Sul-Brasileiro de Optimist. Desta forma, os resultados mantiveram-se iguais aos de sábado e o velejador Davi Neves, do Iate Clube de Santa Catarina, garantiu o título Sul-Brasileiro na categoria Estreante. Entre os Veteranos o carioca Newton Passos (ICRJ) venceu o campeonato, enquanto Gustavo Glim, do Veleiros do Sul, confirmou o título Sul-Brasileiro.

Por não ser atleta da região, Newton Passos venceu a competição em Floripa, mas o título Sul-Brasileiro ficou reservado para o velejador mais bem colocado entre gaúchos, catarinenses e paranaenses, no caso Gustavo Glim (RS). Já na categoria Estreante, Davi Neves, de apenas 8 anos, comemorou seu primeiro título Sul-Brasileiro ao vencer o campeonato. Um fato curioso é que Davi era o competidor mais novo entre os 143 velejadores inscritos no evento realizado na Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina, em Jurerê. Continuar lendo “Definidos os campeões do Sul-Brasileiro de Optimist”

Hans e Karina Hutzler são bicampeões brasileiros de Dingue

Entre os dias 15 e 18 de novembro o ICB sediou o Brasileiro de Dingue. O evento contou com a participação de 54 duplas, de 10 estado. A dupla do Cabanga Hans e Karina Hutzler garantiu o bicampeonato, após seis regatas.

Apesar de estarem programadas sete regatas, em quatro dias, o vento não colaborou muito e os velejadores puderam competir efetivamente em apenas dois. O primeiro dia foi dedicado às medições dos barcos e velas e à confraternização em terra. O segundo dia teve recon em terra e, quando a flotilha finalmente foi para a água, o vento acabou de novo e a CR mandou todo mundo de volta para o clube.

Já no terceiro e quarto dias de campeonato foram realizadas três provas por dia, com disputas bastante acirradas.

Com a entrada do descarte a partir da quinta regata, Hans e Karina garantiram o segundo título nacional e mantiveram a posse do troféu. “Sabíamos que com 19 quilos a mais de 2017 teríamos pouca chance em Brasília. Eliminamos 11 quilos os dois com a ajuda de uma nutricionista e forte dieta low carb. Tiramos todo o peso que podíamos do barco e das roupas. Nem as botas, que sempre usamos, foram para bordo”, contou Karina.

Confira o resultado completo.

Ginga conquista terceiro título brasileiro de HPE 25 no Rio de Janeiro

350769_843954__mg_6439_1_web_

O multicampeão Ginga, de Ilhabela, quebrou o tabu de nunca ter conquistado um campeonato no Rio de Janeiro. Aliás, foram dois títulos em apenas uma semana. Antes de vencer o Brasileiro de HPE 25, encerrado neste domingo (18), o Ginga ganhou a Copa Gil Souza Ramos, que rendeu um HPE 25 “zero km” ao comandante Breno Chvaicer, em troca do barco atual.

Estavam previstas oito provas, duas por dia, mas a falta de vento impediu que a Comissão de Regatas (CR) montasse a raia de forma adequada neste domingo. Apesar do nordeste fraco, com 5 ou 6 nós, a CR ainda tentou largar por duas vezes, junto à Praia do Flamengo, mas a maioria dos 27 barcos queimou a largada nas duas ocasiões, comprovando que estava inviável a realização de regatas. Continuar lendo “Ginga conquista terceiro título brasileiro de HPE 25 no Rio de Janeiro”

Copa Brasil começa nesta terça em Florianópolis

Tiago Quevedo 1©2018_Gabriel_Heusi.jpg

Com ídolos olímpicos, campeões mundiais e medalhistas em Jogos Pan-Americanos na raia, a VI Copa Brasil de Vela tem início nesta terça-feira, dia 20, em Florianópolis. As primeiras regatas estão previstas para começar às 12h, na sede Oceânica Jurerê do Iate Clube de Santa Catarina. O principal campeonato de classes olímpicas do país tem uma importância redobrada este ano. Vale como seletiva para a formação da Equipe Brasileira de Vela no ano pré-olímpico e também é evento classificatório para os Jogos Pan-Americanos Lima 2019 em seis categorias.

“A Copa Brasil sempre seleciona a equipe do próximo ano, então é o campeonato mais importante de vela olímpica no país. São todas as classes juntas, o que dá mais volume para o evento. E este ano é uma seletiva para o pan, que é uma competição de grande importância. Os Jogos Pan-Americanos dão experiência para quem quer participar de Jogos Olímpicos, mesmo considerando que nem todas as classes pan-americanas são olímpicas, porque é um evento com vários esportes e nações”, afirma Torben Grael, coordenador técnico da Equipe Brasileira de Vela, que está em Florianópolis para acompanhar as regatas de perto. Continuar lendo “Copa Brasil começa nesta terça em Florianópolis”