Bruno Fontes cresce na reta final, se aproxima de vaga olímpica

unnamed (28).jpg

Mostrando toda sua capacidade de superar momentos adversos e crescer na fase decisiva, o velejador Bruno Fontes contou com a experiência e a técnica apurada no primeiro dia de fase final do Mundial de Classes Olímpicas, realizado nesta terça-feira (07), na Baía de Aarhus. Com ventos fracos, o catarinense somou dois resultados intermediários e saltou da 19ª para a 13ª posição na classificação geral se aproximando ainda mais de uma das dez vagas para a Medal Race. A regata da medalha, que define o campeão do evento nesta sexta, reúne os dez melhores classificados, que serão definidos após as duas disputas programadas para essa quarta-feira (08).

Além de subir diversas posições, Bruno ficou ainda mais próximo de classificar o Brasil para os Jogos Olímpicos de Tóquio. A competição na Dinamarca destina 14 vagas para a Olimpíada de 2020 e Bruno coloca o país no nono lugar no ranking de nações. “Um dia de cada vez. Essa tem sido a minha trajetória aqui e tem dado certo até o momento. Estou concentrado em fazer o melhor e buscar superar um desafio de cada vez. Com o início da fase final a tendência se confirmou e o nível técnico aumentou ainda mais. Consegui velejar bem, tive pequenos erros, mas consegui corrigi-los. Foco agora é buscar uma das dez vagas na Medal Race e confirmar a vaga do Brasil para Tóquio”, avalia Bruno.

O dia amanheceu com ventos fracos e a sorte ao lado de Bruno. Após um começo ruim a regata inicial foi cancelada devido às más condições. “Para mim foi bom, pois eu não vinha bem. Na segunda largada eu acertei mais e consegui fechar em 13º. Em compensação na segunda eu poderia ter tido melhor sorte, errei em alguns momentos que me custaram algumas posições, mas o importante é que estou me sentindo bem e velejando da melhor maneira possível. Foco total nessa quarta”, ressalta Bruno, de maneira confiante.

Com 78 pontos perdidos, Bruno precisa tirar uma diferença de 17 pontos para o décimo colocado, posição ocupada até o momento pelo norueguês Hermann Tomasgaard. Com a competição embolada, todos os velejadores já possuem um resultado de descarte e qualquer detalhe será imprescindível.

da assessoria / foto: Sailing Energy/World Sailing

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s