Organização divulga o AR da Taça Leopoldo Geyer

Nos dias 1 e 2 de setembro o ICRJ vai promover a 4ª edição da Taça Leopoldo Geyer para veleiros clássicos das classes RGS e APS. São elegíveis as seguintes categorias:

Época: Todos barcos lançados antes de 31/12/1949
Clássicos: Todos os barcos lançados entre 01/01/1950 e 31/12/1980
Spirit Of Tradition: Todos barcos com aspecto e estilo fiel aos projetos tradicionais dos barcos Clássicos ou de Época, construídos com materiais modernos, e com projetos avançados nas obras vivas (abaixo da linha d’água).

As inscrições devem ser feitas na secretaria do clube. A largada da regata Rio – Ilha de Palmas está prevista para às 12h do sábado, enquanto a regata com percurso inverso está prevista para às 11h do domingo.

Confira o AR

Organização divulga o AR da Copa Suzuki

Nos dias 25 e 26 de agosto, 1 e 2 de setembro o Yacht Club de Ilhabela vai sediar a terceira etapa da Copa Suzuki. O evento é válido também como segunda etapa do Paulista de Oceano. Estão convidadas as classes IRC, C30, HPE-25, BRA-RGS, Clássicos e Bico de Proa. As inscrições devem ser feitas direto na secretaria do clube, ao custo de R$ 100,00 por tripulante, exceto tripulante mirim, que é isento de taxas.

Estão programadas até duas regatas de percurso para as classes IRC, BRA-RGS e Bico de Proa. Nos demais dias e para as demais classes, serão disputadas regatas barla-sota.

Confira o AR

Bruno Fontes cresce na reta final, se aproxima de vaga olímpica

unnamed (28).jpg

Mostrando toda sua capacidade de superar momentos adversos e crescer na fase decisiva, o velejador Bruno Fontes contou com a experiência e a técnica apurada no primeiro dia de fase final do Mundial de Classes Olímpicas, realizado nesta terça-feira (07), na Baía de Aarhus. Com ventos fracos, o catarinense somou dois resultados intermediários e saltou da 19ª para a 13ª posição na classificação geral se aproximando ainda mais de uma das dez vagas para a Medal Race. A regata da medalha, que define o campeão do evento nesta sexta, reúne os dez melhores classificados, que serão definidos após as duas disputas programadas para essa quarta-feira (08).

Além de subir diversas posições, Bruno ficou ainda mais próximo de classificar o Brasil para os Jogos Olímpicos de Tóquio. A competição na Dinamarca destina 14 vagas para a Olimpíada de 2020 e Bruno coloca o país no nono lugar no ranking de nações. “Um dia de cada vez. Essa tem sido a minha trajetória aqui e tem dado certo até o momento. Estou concentrado em fazer o melhor e buscar superar um desafio de cada vez. Com o início da fase final a tendência se confirmou e o nível técnico aumentou ainda mais. Consegui velejar bem, tive pequenos erros, mas consegui corrigi-los. Foco agora é buscar uma das dez vagas na Medal Race e confirmar a vaga do Brasil para Tóquio”, avalia Bruno. Continuar lendo “Bruno Fontes cresce na reta final, se aproxima de vaga olímpica”

Primeira Copa União de Dingue reúne oito duplas em Pernambuco

201808061108290

O Dingue Pernambuco realizou, neste domingo, a primeira edição da Copa da União. Esse evento foi concebido de maneira a proporcionar uma maior integração entre os atletas da flotilha, uma vez que os timoneiros mais experientes (Luciana Raposo, René Hutzler, Hans Hutzler, Leonardo Almeida, André Verona, Clovis Holanda e José Araújo) fizeram as vezes de proeiros tanto para velejadores mais novos quanto para aqueles que tinham algumas dúvidas a serem esclarecidas.

Das oito tripulações, sete seguiram tal formato – a participação de duplas não-misturadas também era permitida. Foram realizadas duas regatas, que foram vencidas com facilidade pelo Ver o Mar, timoneado por Roberto Xavier e tendo Hans Hutzler como proeiro. Em segundo ficou o Energia de Alexandre Mercanti / Leonardo Almeida, que protagonizou diversas ultrapassagens mútuas com o Gudino, liderado por Rodrigo Samico e José Araújo, que acabaram na 4ª posição. Em terceiro ficou o Intrépido de Francisco Andrade e Luciana Raposo, que alcançou uma notável recuperação da primeira para a segunda regata do dia. Fechando o pódio, Antonello Cruz e Luca Cruz mostraram habilidade em sua primeira regata na classe Dingue.

RESULTADOS:

1° – Ver o Mar – Roberto Xavier e Hans Hutzler (1o / 1o) 2pts
2° – Energia – Alexandre Mercanti e Leonardo Almeida (2o / 3o) 5pts
3° – Major Tom – Francisco Andrade e Luciana Raposo (4o / 2o) 6pts
4° – Gudino – Rodrigo Samico e José Araújo (3o / 4o) 7pts
5° – Cascudinho – Antonello Cruz e Luca Cruz (6o / 5o) 11pts
6° – Pegasus – Hellayne Santiago e René Hutzler (5o / 7o) 12pts
7° – Gaivota – Vinícius Siqueira e André Verona (7o / 6o) 13 pts
8° – Viagra – Gabriel Pinho e Clóvis Holanda (8o / 8o) 16 pts

Da classe

Dupla Albrecht/Nicolino vence duas no Mundial de Classes Olímpicas

2018 Hempel Sailing World Championships

Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino tiveram um grande resultado nesta terça-feira, dia 7, no Mundial de Classes Olímpicas, em Aarhus, na Dinamarca. A dupla venceu duas das quatro regatas disputadas pela flotilha azul e assumiu a vice-liderança geral da Nacra 17, com 21 pontos perdidos. À frente deles estão apenas os atuais campeões olímpicos, Santiago Lange e Cecilia Carranza Saroli, da Argentina (16 p.p.). A competição continua nesta quarta-feira, a partir das 7h de Brasília.

“Foi um excelente dia. Tivemos que usar um pouco da intuição, estava uma condição difícil. Mas eu e Gabi conseguimos fazer um bom trabalho. Mantivemos o barco rápido, acertamos as manobras e as decisões de regulagens também foram acertadas”, afirmou Samuel. Continuar lendo “Dupla Albrecht/Nicolino vence duas no Mundial de Classes Olímpicas”