Bruno Fontes inicia Mundial na Dinamarca com dois resultados no Top 10

unnamed (26).jpg

Bruno Fontes estreou no Mundial de Classes Olímpicas, disputado na Baía de Aarhus, Dinamarca, mostrando que a forma competitiva está mais viva do que nunca dentro de si. Com dois oitavos lugares nas regatas realizadas no Laser Standard o velejador catarinense começou muito bem a campanha em busca de uma das catorze vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Com 16 pontos perdidos o brasileiro é o 19º na classificação geral entre os 165 atletas inscritos na competição.

Com ventos de 6 a 10 nós soprando na Baía de Aarhus, Bruno aproveitou as boas largadas nas duas regatas, mas com desenrolar diferente ao longo do dia. Na primeira o catarinense apontava na parte da frente da flotilha, mas acabou punido e precisou fazer uma prova de recuperação. “Tomei uma bandeira amarela e cai algumas posições. Importante que me recuperei bem e isso foi o que me deixou mais feliz. Foi uma boa regata”, avalia.

Na segunda velejada no dia, Bruno manteve a boa estratégia e largou na frente, mantendo-se entre primeiros da regata até o final. Com dois oitavos lugares a estreia do brasileiro foi bastante positiva. “Estou contente com o início. Ainda temos uma longa jornada pela frente, mas para um primeiro dia foi bem positivo. Meta é passar bem para a fase final de olho nas vagas para Tóquio e depois pensar em Medal Race e medalha”, enfatiza.

Ainda pela Classe Laser Standard, o Brasil conta com a presença de Lucas Bueno (155º com 101 pontos perdidos) e João Pedro Souto (41º com 30 pontos perdidos). Conforme a previsão, as regatas do Mundial de Classes Olímpicas segue neste sábado (4) com mais duas regatas previstas pela fase de classificação, que será encerrada no domingo com outras duas disputas.

Sobre o Mundial de Classes Olímpicas:

O Mundial de Classes Olímpicas reúne as dez classes do programa dos Jogos de Tóquio 2020: RS:X masculina, RS:X feminina, Laser, Laser Radial, Finn, 470 masculina, 470 feminina, 49er, 49er FX e Nacra 17 e as regatas serão disputadas entre os dias 02 e 12 de agosto. Além disso, haverá disputa também no kiteboard (feminino e masculino), como demonstração.

No caso da classe Laser Standard serão dez regatas e a Medal Race, que conta com pontuação dobrada e reúne apenas os dez melhores classificados. As disputas para Bruno Fontes começam na sexta-feira (03) e vão até domingo (05) com seis regatas previstas para a fase de classificação, sendo duas por dia. Na segunda os velejadores folgam e retornam a raia novamente para mais dois dias de regatas, terça (07) e quarta (08), quando acontecem as disputas da fase final. Os atletas ganham nova folga na quinta e sexta (10) retornam para as disputas da Medal Race.

Além de Bruno Fontes, o Brasil conta com os seguintes atletas na competição: Martine Grael e Kahena Kunze (49er FX), Carlos Robles e Marco Grael (49er), Mario Tinoco e Gabriel Borges (49er), Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (470 feminina), Geison Mendes e Gustavo Thiesen (470 masculina), Henrique Haddad e Felipe Brito (470 masculina), Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino (Nacra 17), João Bulhões e Bruna Martinelli (Nacra 17), Jorge Zarif (Finn), Patrícia Freitas (RS:X feminina), Brenno Francioli (RS:X masculina), João Pedro Souto de Oliveira e Lucas Bueno (Laser), Gabriella Kidd (Laser Radial) e Cláudio Cruz (Kiteboard).

Mais informaçõeshttps://www.aarhus2018.com

da assessoria / foto: Sailing Energy/World Sailing

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s