Brasil estreia nesta quinta-feira no Mundial de Classes Olímpicas

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan_Crédito Jesus Renedo_Sailing Energy reduzido.jpg

A Equipe Brasileira de Vela entra na água nesta quinta-feira, dia 2, para o início do Mundial de Classes Olímpicas. As primeiras regatas estão previstas para 7h (de Brasília), na Baía de Aarhus, na Dinamarca. Na abertura, o Brasil terá na disputa Jorge Zarif, campeão da Copa do Mundo 2018 na classe Finn; a medalhista olímpica Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (470 feminina), Geison Mendes e Gustavo Thiesen (470 masculina) e Henrique Haddad e Felipe Brito (470 masculina). Além do título, estarão em jogo as primeiras vagas para os países nos Jogos de Tóquio 2020.

“Neste primeiro momento de busca pela classificação olímpica, temos classes um pouco mais bem posicionadas, como 49er FX, Finn, 470 feminina, RS:X feminina e Nacra 17. Temos boas possibilidades em todas elas. Ainda temos correndo por fora classes como a 470 masculina e a 49er, com chance boa de ficar na flotilha ouro e estar na briga”, avalia Torben Grael, coordenador técnico da Equipe Brasileira de Vela.

Embora o Mundial valha classificação para os Jogos Olímpicos, a raia de Aarhus tem características distintas em relação a Enoshima, local da disputa em Tóquio 2020.

“A Dinamarca é completamente diferente. É uma área relativamente protegida em termos de onda. Tem onda picada, mas não tem onda oceânica. Em Enoshima, tem ondas grandes quando dá vento forte na direção do mar”, diz Torben.

As regatas serão disputadas até o dia 12 de agosto. A competição reúne as dez classes do programa dos Jogos de Tóquio 2020: RS:X masculina, RS:X feminina, Laser, Laser Radial, Finn, 470 masculina, 470 feminina, 49er, 49er FX e Nacra 17. Além disso, haverá disputa também no kiteboard (feminino e masculino), como demonstração.

As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze entram na água no próximo sábado, dia 4. As regatas de medalha estão previstas para os dias 9, 10, 11 e 12 de agosto. Confira no link abaixo a programação completa da competição:

https://www.aarhus2018.com/schedule-of-races/

SOBRE A CLASSIFICAÇÃO OLÍMPICA

Em Aarhus, além das medalhas do Mundial, estarão em jogo as primeiras vagas olímpicas da vela para os países nos Jogos de Tóquio 2020, de acordo com a seguinte distribuição:

Masculino

RS:X – 10 países

Laser – 14 países

Finn – 8 países

470 – 8 países

49er – 8 países

Feminino

RS:X – 11 países

Laser Radial – 18 países

470 – 8 países

49er FX – 8 países

Misto

Nacra 17 – 8 países

Os velejadores do Brasil no Mundial de Classes Olímpicas 2018:

Nome Classe
Martine Grael e Kahena Kunze 49er FX
Carlos Robles e Marco Grael 49er
Mario Tinoco e Gabriel Borges 49er
Fernanda Oliveira e Ana Barbachan 470 feminina
Geison Mendes e Gustavo Thiesen 470 masculina
Henrique Haddad e Felipe Brito 470 masculina
Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino Nacra 17
João Bulhões e Bruna Martinelli Nacra 17
Jorge Zarif Finn
Patrícia Freitas RS:X feminina
Brenno Francioli RS:X masculina
Bruno Fontes Laser
João Pedro Souto de Oliveira Laser
Lucas Bueno Laser
Gabriella Kidd Laser Radial
Cláudio Cruz Kiteboard

da assessoria

foto: Jesus Reñedo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s