Disputas acirradas marcam o Mundial de Vela Offshore

37401931_645269209163112_4795278694757171200_o.jpg

Terminou nesta sexta-feira em The Hague, na Holanda, o Mundial de Vela Offshore. O evento contou com a participação de 86 barcos, de 15 países, medidos nas classes ORC e IRC e foi um marco na vela mundial ao juntar os dois sistemas de rating em um só. A disputa pelo título nas três categorias (A, B e C) teve regatas barla-sota e de percurso e ficou em aberto até a última regata do último dia. Na classe B, a CR teve que dar quatro largadas, até que finalmente, com a bandeira preta, nenhum barco largasse escapado. O campeão da classe A foi o Team Beau Geste, de Hong Kong. Na B, quem levou a melhor foi o Santa, da Noruega. Na C o vencedor foi o holandês de bandeira francesa J Lance 12.

“Faz muitos anos que estamos trabalhando com os amigos da RORC para combinar as regras e esse foi um importante primeiro passo. Gostaríamos de convidar a todos para o Mundial do ano que vem, em Sibernik, na primeira semana de junho”, disse Bruno Finzi, presidente da ORC.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s