Team Brunel vence última regata da Volvo Ocean Race

The Hague stopover. Brunel In-Port Race. 30 June, 2018.

Festa holandesa na última prova da Volvo Ocean Race 2017-18. O barco Team Brunel, comandado pelo local Bouwe Bekking, venceu, neste sábado (30), a Brunel In-Port Race, em Haia, Holanda. A equipe dominou a prova do começo ao fim, cruzando 33 segundo a frente do Dongfeng Race Team e quase 1 minuto do team AkzoNobel.

”Muito feliz pelo resultado, principalmente pelo público holandês que veio nos ver. Foi aqui que comecei a minha carreira e foi bom terminar aqui”, disse Bouwe Bekking.

O resultado não mudou o campeão da In-Port Race Series, mas deu ao Brunel o terceiro lugar na tabela, passando o AkzoNobel. O espanhol MAPFRE, que chegou em quinto lugar em Haia, já havia entrado como vencedor da competição paralela das regatas costeiras.

A vantagem dos comandados de Xabi Fernández para o Dongfeng Race Team na tabela era maior do que os 7 pontos dado ao vencedor.
Mudança também na parte inferior da tabela de classificação. com o quarto lugar em Haia, o Turn The Tide on Plastic fechou o evento em sexto lugar. A equipe de Dee Caffari precisava do resultado para ganhar uma posição também no geral.

Lembrando que o grande campeão da Volvo Ocean Race 2017-18 foi o Dongfeng Race Team, seguido por MAPFRE e Team Brunel. As in-ports, que foram disputadas em 10 etapas, serviram como desempate na pontuação final.

Sobre a Brunel In-Port Race

A Brunel In-Port Race teve média de 10 nós de vento, céu ensolarado e temperatura de 27 graus. O público holandês lotou a Vila da Regata e as areias de Haia para celebrar a última prova do calendário da Volvo Ocean Race 2017-18.

Antes da largada, o campeonato paralelo das regatas costeiros estava decidido como citado acima, mas ninguém aliviou.

O Team Brunel e o team AkzoNobel tinham a maior torcida, pois são holandeses. Os dois largaram bem e aceleraram com vento de popa para o primeira marca. Mas o Team Brunel acertou todas as manobras. No pódio, Bouwe Bekking foi recebido com muita festa e gritos de Bouwe, Bouwe, Bouwe!

Voltando a escrever sobre a regata, o Team Brunel não deu chances de passagem, sempre na liderança.

Mas teve gente que errou. E muito! Durante um contorno de bóia, o Sun Hung Kai | Scallywag bateu na marca e perdeu contato com a flotilha, chegando em último lugar.

O Turn The Tide On Plastic, que não tinha nada com isso, ficou em quarto lugar em Haia e tirou o Sun Hung Kai | Scallywag do sexto lugar no geral das in-ports.

“É a melhor maneira de terminar a campanha para nós, terminamos muito bem e poderemos voltar”, contou Dee Caffari, única mulher comandante da regata.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s