Próxima edição da Volvo Ocean Race será com barcos da IMOCA

imoca vor

O barco que será usado na Volvo Ocean Race 2021-22 será o IMOCA 60. A organização da regata de Volta ao Mundo confirmou, nesta segunda-feira (2), um acordo com a International Monohull Open Class Association (IMOCA) para a próxima competição. Os representantes da classe e da Volvo Ocean Race se reuniram em Haia também com os velejadores, como os campeões olímpicos Torben Grael e Xabi Fernández e designers de barcos, como Guillaume Verdier e Juan Kouyoumdjian.

“Este é o primeiro passo na preparação da próxima edição da regata em 2021”, disse Johan Salen, co-presidente da regata. “Estamos no início de um processo cooperativo para colocar em prática os elementos de que precisamos para tornar a próxima edição um sucesso tanto na área esportiva quanto comercial. Esta é uma questão complexa com muitas perspectivas, e estamos recebendo com grande respeito a contribuição contínua de todas as partes interessadas, desde a World Sailing (Federação Internacional de Vela) até os velejadores, equipes e patrocinadores. Temos certeza de que este é o caminho certo”.

Torben Grael avaliou a mudança para IMOCA 60. “É claro que há alguns obstáculos ainda pela frente, mas se conseguirmos unir os dois mundos, será positivo. Essa mudança pode abrir a regata para muitos novos velejadores e cria um calendário muito maior de eventos para as equipes que competem na regra aberta dos 60 pés”. Continuar lendo “Próxima edição da Volvo Ocean Race será com barcos da IMOCA”

Team Brunel vence última regata da Volvo Ocean Race

The Hague stopover. Brunel In-Port Race. 30 June, 2018.

Festa holandesa na última prova da Volvo Ocean Race 2017-18. O barco Team Brunel, comandado pelo local Bouwe Bekking, venceu, neste sábado (30), a Brunel In-Port Race, em Haia, Holanda. A equipe dominou a prova do começo ao fim, cruzando 33 segundo a frente do Dongfeng Race Team e quase 1 minuto do team AkzoNobel.

”Muito feliz pelo resultado, principalmente pelo público holandês que veio nos ver. Foi aqui que comecei a minha carreira e foi bom terminar aqui”, disse Bouwe Bekking.

O resultado não mudou o campeão da In-Port Race Series, mas deu ao Brunel o terceiro lugar na tabela, passando o AkzoNobel. O espanhol MAPFRE, que chegou em quinto lugar em Haia, já havia entrado como vencedor da competição paralela das regatas costeiras.

A vantagem dos comandados de Xabi Fernández para o Dongfeng Race Team na tabela era maior do que os 7 pontos dado ao vencedor. Continuar lendo “Team Brunel vence última regata da Volvo Ocean Race”