Nota de Falecimento: Axel Schmidt

Faleceu neste domingo (10/6) o velejador tri-campeão mundial de Snipe Axel Schmidt. Tio de Lars e Torben Grael, Axel deixa esposa e filhos. Lars Grael prestou uma bonita homenagem ao tio nas redes sociais. Leia abaixo:

“Neste domingo perdemos o Tio, professor e comandante Axel Schmidt. Filho do dinamarquês Preben Schmidt, Axel e seu irmão gêmeo Erik, foram os primeiros campeões mundiais da Vela brasileira. Únicos a sagrarem-se Tri-Campeões Mundiais consecutivos da classe Snipe. Medalhistas de Ouro e Prata nos Jogos Pan-Americanos de 1959 e 1963 respectivamente na classe Lightning. Participaram dos Jogos Olimpicos do México 🇲🇽 1968 e Munique 🇩🇪 em 1972. Na Vela de Oceano foi timoneiro do veleiro “Pluft” na conquista da Regata Buenos Aires – Rio. Timoneou o Pluft ainda na tradicional Admiral’s Cup na Inglaterra. Com o seu veleiro “Osprey”, Axel conquistou a Regata Santos-Rio e o Circuito Rio de Vela de Oceano. Pai de Ingrid e Anders, Tio Axel foi abençoado por ter a melhor esposa que um marido pode ter, a inigualável Moema. Dedicou-se com o irmão a capacitar e formar os sobrinhos na Vela. Desta dedicação, vieram Torben e Lars Schmidt Grael. Foi Comodoro do centenário Rio Yacht Club (Sailing) em Niteroi. A Vela brasileira agradece ao campeão. Nós agradecemos ao mestre. Veleje em paz. Lars Grael”

Patoruzu é fita-azul da Regata Batalha Naval do Riachuelo

A 153ª edição da histórica Regata Batalha Naval do Riachuelo, promovida pela Capitania dos Portos de Pernambuco e o Cabanga Iate Clube de Pernambuco, chegou ao fim no último sábado (9) com destaque para a embarcação Patoruzu. O barco do comandante Higínio Marinsalta conquistou o Fita Azul ao encerrar a prova da classe Oceano com o tempo real de 1h41min30.

O Patoruzu também foi o grande vencedor da Mocra Regata, entre as embarcações de Oceano. No Mocra Cruzeiro, o primeiro lugar foi do Ciranda, comandado por Sérgio Avellar. Já no RGS A, o Morning Breeze, de Guilherme Araújo, terminou na liderança. E no RGS B, o Quarta-feira 17, de Eduardo da Fonte, ficou na primeira colocação.

No total, foram 98 participantes na Regata Batalha Naval do Riachuelo, realizada em dois finais de semana, com 37 embarcações de seis classes. Os velejadores de Optimist, Dingue, Day Sailer, Snipe, Oceano e Aberto foram premiados num evento na tarde do último sábado, no Cabanga Iate Clube de Pernambuco.

“Essa regata marca o congraçamento da comunidade marítima. Para nós da Marinha, relembra os que lutaram e perderam suas vidas em defesa do nosso País na Batalha Naval do Riachuelo”, relembrou o Capitão dos Portos de Pernambuco, Maurício Bravo.

Leonides Alves, diretor de Vela Oceano do Cabanga, representou o Comodoro Delmiro Gouveia no ato e enalteceu a competitividade da regatas. “Agradecemos a forma sempre parceira da Marinha para com o clube e a todos os velejadores que fizeram uma regata maravilhosa.”

Confira abaixo o resultado geral da competição:

Oceano

Fita Azul
Patoruzu – Comandante Higínio Marinsalta
Tempo: 1h41min30

Mocra Regata
1º Patoruzu – Higínio Marinsalta
2º Centauro – Álvaro da Fonte

Mocra Cruzeiro
1º Ciranda – Sérgio Avellar
2º Zen – Leonides Alves

RGS A
1º Morning Breeze – Guilherme Araújo
2º Avatar – Paulo Almeida Filho
3º Girosplint – Newlton Carvalho

RGS B
1º Quarta-feira 17 – Eduardo da Fonte
2º Toba – Oscar Barbosa
3º Avoador – Marcelo Souza

Aberta Monotipo
1º – Embarcação Frank – Erisson Luiz da Silva

Optimist
1º – Júlia Ollivier
2º – Julio Cesar Avellar
3º – Antônio da Fonte
4º – Guilherme Araújo
5º – Milena Araújo

Optmist – Feminino
1º – Júlia Ollivier

Optimist – Estreante
1º – Milena Araújo

Dingue
1° – Gudino – José Araújo e Edna Silva
2° – Aichach – René Hutzler e Marcelo Amorim
3° – Sopra Vento – José Maria e Jairo Vale

Day Sailer
1º – Odisseu – Antônio Antunes e Renato Soares
2º – Varamundo – Paulo Collier e Leonardo Mascarenhas
3º – Coraggio – Lucas Barbalho e Evaldo Almeida

Snipe
1º – Edival Júnior e Mateus Pinheiro
2º – Roberto Cardoso e Gustavo Guedes
3º – Ítalo Silva e Roberto Xavier​

Flotilha da VOR parte para penúltima perna da competição

A décima etapa da Volvo Ocean Race teve início neste domingo (10) com percurso entre Cardiff (País de Gales) e Gotemburgo (Suécia). Serão 1.300 milhas de regata. A perna é a penúltima do campeonato de Volta ao Mundo e deve ser concluída até sexta-feira (15).

A largada em Cardiff teve de ser adiada por causa da falta de ventos e da maré contrária, dificultando as ações das equipes no Canal de Bristol.

A etapa pode decidir a competição, já que Dongfeng Race Team tem um ponto de vantagem para MAPFRE e três para o Team Brunel.

“Estamos felizes com nossa posição e animados com a próxima etapa”, disse Charles Caudrelier, do Dongfeng Race Team. Continuar lendo “Flotilha da VOR parte para penúltima perna da competição”

Jorge Zarif é ouro na final da Copa do Mundo de Vela

2018 WORLD CUP SERIES MARSEILLE

Mais um domingo e mais um show de Jorge Zarif nas águas da França. Com uma atuação brilhante neste dia 10, em Marselha, o brasileiro venceu a regata da medalha da classe Finn e conquistou o ouro na Final da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela). O velejador terminou com apenas 34 pontos perdidos e deixou para trás o segundo colocado, o neozelandês Josh Junior (51 p.p.). A performance decisiva foi muito semelhante à que lhe valeu o título da etapa francesa de Hyères da Copa do Mundo, no fim de abril.

“Foi muito bom. Em Hyères, a única regata que eu venci foi a da medalha. Aqui eu fiquei com o colete amarelo do líder por quatro ou cinco dias. É como se tivesse um alvo nas costas, com todo mundo mirando em você. Mas estou feliz por ter ganhado a regata e o campeonato”, afirmou Jorginho. Continuar lendo “Jorge Zarif é ouro na final da Copa do Mundo de Vela”