Mapfre faz pausa na Volvo Ocean Race, enquanto outros barcos cruzam o Horn

m115651_13-07-180329-dfg-mtk-300.jpg

A flotilha da Volvo Ocean Race já está passando pelo temido Cabo Horn. O Mapfre, porém, optou por pausar a regata seis milhas antes por conta de danos na calha e na vela grande. A equipe comandada por Xabi Fernández estava conseguindo controlar as quebras com alguns procedimentos de segurança, mas, antes de fazer a curva e começar a subir a costa americana rumo a Itajaí, optou por parar e três membros da equipe de água estão por perto para ajudar no que for preciso.

Segundo as regras da regata, quando a equipe opta por pausar a competição, ela deve ficar parada por pelo menos 12 horas e deve retomar do mesmo ponto de onde parou. Mas, de acordo com a previsão do tempo, os cinco barcos que já cruzaram o Horn deverão diminuir a velocidade, o que permitirá uma aproximação do Mapfre. Ao cruzarem o mítico cabo, as cinco equipes prestaram uma homenagem ao velejador John Fisher, que desapareceu no mar no início da semana.

“Teremos uma relargada após as ilhas Falklands”, disse Bowe Bekking, comandante do Team Brunel, que lidera a etapa. O Akzo Nobel, time de Martine Grael foi o quarto a cruzar o cabo, 4h21 atrás dos líderes.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s