Aviso da Marinha: interdição da baía de Guanabara

A Marinha do Brasil emitiu um aviso no último dia 16/3 informando que o canal de navegação do Porto do Rio de Janeiro estará fechado do trecho sul da ponte Rio – Niterói até a entrada da baía de Guanabara, estendendo-se até o canal de Contunduba nos dias 25/3 das 11h30 até às 17h, e no dia 01/04 das 9h30 até às 16h por conta dos desfiles promovidos pelo encontro de grandes veleiros Vela Latinoamérica 2018.

Confira o aviso

6ª Porto Alegre Match Cup começa na sexta-feira

IMG_4377.JPG

A competição contará com oito times: dois do RS, três do RJ, um do Distrito Federal, um da Bahia e um do Uruguai. Os timoneiros que estarão no Veleiros do Sul são nomes conhecidos da vela nacional com vários títulos em diferentes classes de barcos.

A Porto Alegre Match Cup terá regatas a partir da sexta-feira (23) e a final será no domingo (25). O Match Race é uma modalidade de regata de barco contra barco e somente as equipes vão sendo trocadas a cada disputa. Na primeira fase – round robin –  todas as tripulações se enfrentam entre si para a apuração dos semifinalistas (mata-mata) e a final.

A sexta edição da Porto Alegre Match Cup será o primeiro evento do circuito de 2018 da International Match Race Super League, composto por 17 torneios em 14 países.  A Super League está atrelada a Match Racing Association Inc que promove a modalidade de competição em todo o mundo. A Copa também será válida como Campeonato Brasileiro de Match Race de 2018 e primeira etapa Sul-americana. Continuar lendo “6ª Porto Alegre Match Cup começa na sexta-feira”

Volvo Ocean Race: Barco de Martine Grael assume a liderança rumo ao Brasil

O team AkzoNobel assumiu provisoriamente a liderança da sétima etapa da Volvo Ocean Race 2017-18. Nesta quarta-feira (21), a equipe da brasileira Martine Grael conseguiu ultrapassar o Vestas 11th Hour Racing na descida para os mares do sul.

A regata está em seu quarto dia e tem ao todo 7.600 milhas náuticas de Auckland, Nova Zelândia, para Itajaí (SC), no Brasil. Já foram percorridas quase 2 mil milhas náuticas desde a largada, no último sábado (17).

O vento de nordeste de 20 a 30 nós garante condições de navegação rápidas e velocidades similares os Volvo 65s. A rota mais curta e, portanto, tecnicamente mais rápida, irá beirar a zona de exclusão de gelo, marcada pela direção da regata para manter as equipes longe dos icebergs do sul.

“Ainda está tudo muito próximo – nós temos o Dongfeng e o MAPFRE aproximando muito rapidamente, e podemos ver a luz de Brunel a barlavento”, explicou o navegador do Akzonobel, Jules Salter.

”Estamos todos andando a 23 nós, por isso estamos apenas a 10 ou 15 minutos de distância um do outro. O estado do mar e o vento estão mudando constantemente”.

O próximo desafio a ser enfrentado pelas equipes serão ventos de 40 nós. “Definitivamente há mais vento lá na frente”, acrescentou Jules Salter. “Nós também teremos que começar a fazer algumas manobras de bordo e vai ser bastante complicado com aqueles ventos e enormes ondas. O mais difícil ainda está por vir”.

A tempestade iminente também está na mente de Charles Caudrelier, skipper do Dongfeng Race Team. “Haverá cinco dias difíceis para chegar ao Cabo Horn. Cinco longos dias nessas condições, quando estamos perto do limite de gelo, na zona mais fria, com muitas manobras – realmente vai ser muito duro. Nós vamos ter que cuidar do barco e dos tripulantes, porque o mar estará muito grande”.

Os barcos devem contornar o Cabo Horn entre 28 e 30 de março. O primeiro que conseguir esse feito leva pontuação extra. A regata também vale pontos em dobro.

Da assessoria

De construção brasileira, FelciUno é atração na Búzios Sailing Week

Entre os dias 29 e 31 de março o Iate Clube Armação de Búzios vai sediar a tradicional Búzios Sailing Week. E a grande atração da competição será o veleiro FelciUno, idealizado por Raimundo Nascimento e projetado pelo italiano Umberto Felci, que virá tripulado pela experiente equipe gaúcha do San Chico. Sob o comando do skipper Francisco (Xico) Freitas, o time do Clube dos Jangadeiros contará ainda com Ferndo Cavalli (vela mestra), Damien Bercht (trimmer), Rene Garrafielo (trimmer), Felipe Loss (secretaria), Regis Fernando da Silva (mastro) e João Pedro Tatch (proa).

“Nós vencemos a Búzios Sailing Week em 2010, 2011 e 2012 e depois disso disputamos este evento apenas mais uma vez, em 2013, com o San Chico 3. A vontade de velejar em Búzios novamente é grande, ainda mais em um barco nacional tão especial quanto o FelciUno”, disse Xico.

O veleiro, modelo Felci 315 idealizado por Raimundo Nascimento e projetado pelo italiano Umberto Felci, é produzido em Gravataí, no Rio Grande do Sul, e atende tanto quem gosta de correr regatas, quanto quem gosta de passear com a família. Seu casco é todo feito em fibra de vidro, possui mastro e retranca em alumínio e uma quilha em formato de T com bulbo de chumbo, o que dá ainda mais performance e estabilidade ao barco. O FelciUno tem como base o Pier 26, em Santos, no litoral paulista.

“Conheci o Umberto em uma feira internacional na Alemanha e ele se mostrou bastante interessado em projetar um veleiro que pudesse atender os dois mundos da vela ao mesmo tempo: regata e cruzeiro. Após algumas conversas por telefone e uma viagem à Itália, surgia o Felci 315, um barco de pequeno porte, rápido nas competições, mas forte e de fácil manejo, que pode ser velejado por um casal ou por uma equipe completa. Depois de alguns ajustes no casco número um, já estamos em produção dos números dois e três”, disse Raimundo.

A competição em Búzios está marcada para começar às 12h30 no dia 29 e às 12h nos dias 30 e 31. São esperados 25 barcos nas categorias IRC, ORC, RGS e Bico de Proa.

FELCI UNO:

Comprimento: 31,5 pés (9,5m)
Linha d’água: 8,5 m
Boca máxima: 3,25m
Deslocamento: 2.950 kg
Calado: 1,95m
Tanque de diesel: 45l
Tanque de água: 110l
Motor: Yanmar 15hp rabeta
Área vélica: 34m² (mestra) + 25m² (genoa) + 94m² (gennaker)