Velejador holandês corta a perna e é operado após incidente de Nacra 17

O holandês Christian Peter Stephensen Lubeck foi mais uma vítima do Nacra 17. O velejador teve que passar por uma cirurgia após cortar a perna no leme do barco. O trapézio de Lubeck quebrou, arremessando-o contra o leme, enquanto ele disputava a Oceanbridge NZL Sailing Regatta, em Auckland, Nova Zelândia, ao lado da parceira Lin Ea Christiansen.

Este foi o segundo incidente sério com um velejador de Nacra 17. Em agosto de 2017 o velejador americano Bora Goulari perdeu parte de três dedos enquanto velejava na França.

A classe Nacra 17 é faz parte do programa olímpico de Tóquio 2020 e está nos holofotes da mídia por conta dos incidentes e também por conta de um recall feito em uma peça da bolina.

foto: Yachting New Zealand

Barcos da Volvo Ocean Race deixam a China rumo à Nova Zelândia

m112229_13-05-180205-pma-43520-2093.jpg

A sexta perna da Volvo Ocean Race será disputada a partir desta quarta-feira (7) e terá um percurso de Hong Kong até Auckland, na Nova Zelândia. Os barcos saíram nesta segunda-feira (5) de Guangzhou, na China, onde participaram da etapa de transição – considerada a quinta – e de uma regata costeira.   

O MAPFRE lidera o campeonato com 33 pontos, seguido pelo Dongfeng Race Team, que tem 29 pontos. O AkzoNobel, da brasileira Martine Grael, é o sexto colocado com 14 pontos ganhos.

A escala de Guangzhou marcou a quarta vez que a Volvo Ocean Race parou na China nos últimos 10 anos, começando pela raia olímpica de 2008 de Qingdao (edição de 2008-09).

As regatas subsequentes visitaram Sanya (2011-12 e 2014-15) e agora em Hong Kong e Guangzhou, que estreou no calendário da Volta ao Mundo. Continuar lendo “Barcos da Volvo Ocean Race deixam a China rumo à Nova Zelândia”