Circuito Oceânico de Floripa terá novidades em 2018

unnamed (53).jpg

Uma das principais competições náuticas do país, o Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina chega a sua 29ª edição em 2018 trazendo muitas novidades para as embarcações que participarão da competição na raia de Jurerê. O evento começa na quinta-feira (01 de fevereiro) com quatro dias de regatas programadas próximo à Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina.

Presidente da Comissão de Regatas, o árbitro Ricardo Navarro comentou sobre as novidades no Circuito Oceânico. “O primeiro aspecto que podemos destacar é a mudança nas classes Cruzeiro, Bico de Proa e Multicascos. Diferente das demais categorias, essas classes terão quatro dias com regatas de percurso, que é mais o perfil dessas embarcações. Isso vai propiciar que mais tripulações participem”, comenta Navarro.

Dessa forma, em 2018, o Circuito Oceânico passará a ter duas comissões de regatas, pois serão duas raias montadas, exceto no dia de uma regata longa para todas as classes. “Para as demais classes manteremos uma regata longa e cinco barla-sota, ou uma média no lugar de um barla-sota, dependendo das condições”, acrescenta Navarro.

Com a utilização de duas raias as classes ORC, IRC, C30, HPE-25 e RGS terão regatas específicas, de acordo com suas características. “As regatas de barla-sota terão dois tamanhos. Um barla-sota maior para as classes IRC, ORC e C30, e outro menor, dentro da grande, para as demais classes. Como não teremos as demais embarcações será possível fazer uma raia um pouco maior para os barcos que têm mais velocidade”, encerra Ricardo Navarro.

Primeiros barcos chegam para a competição:

Além da flotilha do Iate Clube de Santa Catarina, o Circuito Oceânico atrai tripulações de todo país. Por se tratar de uma das melhores raias do Brasil, aliado a temporada de verão, Jurerê tornou-se para obrigatória para as equipes nos últimos anos. E os primeiros barcos de fora já estão ancorados em Florianópolis, caso do Cherne (Marinha do Brasil.) Atual campeão na classe RGS Geral, a tripulação veio acompanhado de mais três veleiros da Marinha, Bijupirá, Marlim e Dourado.

Quem também confirmou presença na competição foi o Portobello, atual campeão na classe C30. O veleiro do Iate Clube de Santa Catarina proporcionou um duelo incrível contra o Caballo Loco na última edição vencendo a disputa na última perna da regata decisiva.

Atuais campeões do Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina:

C30 – Portobello
ORC – Pajero
IRC – Inae/Transbrasa
RGS Geral – Cherne
HPE-25 – Força 12
Cruzeiro – Carino

Da assessoria/ foto Gabriel Heusi/Heusi Foto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s