Circuito de Santa Catarina começa nesta quinta-feira

unnamed

A partir dessa quinta (01) a Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina, em Jurerê, recebe pela 29ª vez os melhores velejadores do país para a realização de mais uma edição do Circuito Oceânico, principal competição de vela oceânica do sul do Brasil. Aproximadamente 250 tripulantes de 35 embarcações são aguardados na raia até o próximo domingo, quando serão conhecidos os campeões das classes ORC, C30, IRC, RGS, RGS Cruzeiro, HPE-25, Bico de Proa e Multicascos.

Com algumas alterações para a edição desse ano, o 29º Circuito Oceânico promete ser um dos mais competitivos da história. Como bem explicou o Presidente da Comissão de Regatas, Ricardo Navarro, em 2018 serão duas raias que possibilitarão regatas específicas de acordo com o perfil de cada classe. As classes Cruzeiro, Bico de Proa e Multicascos terão quatro dias com regatas de percurso enquanto nas demais serão realizadas uma regata longa e cinco barla-sota, ou uma média no lugar de uma barla-sota, dependendo das condições. Continuar lendo “Circuito de Santa Catarina começa nesta quinta-feira”

Mundial Master de Finn tem mais de 100 inscritos

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Entre os dias 18 e 25 de maio, o clube El Balis, na Espanha, vai sediar o Mundial Master da classe Finn. As inscrições seguem abertas mas, até o momento, mais de 100 velejadores de 19 países já confirmaram a participação. O Brasil terá, por enquanto, seis representantes: Luis Mosquera, Cristiano Rushmann, Pedro Lodovici, Paulo Pichetti, Fabiano Vivacqua e Ricardo Santos. Oito regatas estão programadas, incluindo uma medal race ou regata final.

Nicolas Bernal e Gabriel Michaelis são campeões brasileiros de 29er

39897411522_e3b37ae03b_o.jpg

A dupla paulista Nicolas Bernal e Gabriel Michaelis foi a grande vencedora do Brasileiro de 29er, que foi disputado na represa de Guarapiranga. Os dois lideram a competição de ponta a ponta, terminando com nove pontos de vantagem sobre Lucas Cazale e Richard Hilbert, do Rio de Janeiro. Giovanne Pistorello e Gabriel Simões, de Porto Alegre, completaram o pódio.

A última regata da série foi disputada no sábado, com vento médio vindo de sudeste. No total, participaram da competição nove duplas de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Pernambuco e Bahia.

Confira o resultado completo

Foto: Volnys Bernal

Time de Martine Grael vence regata de porto de Hong Kong na VOR (com vídeo)

Coluna do Murillo - Notícias de Vela

O AkzoNobel venceu, neste sábado (27), a HGC In-Port Race Hong Kong em disputada regata nas águas da baía de Kowloon. A equipe da brasileira Martine Grael ganhou pela primeira vez uma prova costeira, que faz parte do calendário da Volvo Ocean Race 20171-18. Uhuu!!

A equipe holandesa travou uma bela disputa com o Dongfeng Race Team durante a regata, repetindo o que houve na quarta perna da volta ao mundo por mais de 3 mil milhas, quando os sino-gauleses lideravam com o barco da timoneira/reguladora de velas brasuca sempre a menos de três milhas deles. No fim, como sabemos, o local Scallywag venceu a etapa, o Dongfeng foi segundo colocado e o AkzoNobel ficou em terceiro.

Na regata de hoje, os chineses chegaram em segundo lugar e o Team Brunel, também da Holanda, em terceiro. O vento variou de 6 a 10 nós, e estava muito rondado com uma…

Ver o post original 128 mais palavras

Em Miami,Jorge Zarif é o melhor brasileiro na Copa do Mundo

Jorge Zarif 01_Crédito Jesus Renedo_Sailing Energy.jpg

Com um bom desempenho na regata da medalha disputada neste domingo (28), Jorge Zarif conseguiu mais uma vez ficar no top 5 da etapa de Miami da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela). O brasileiro ficou em segundo lugar na prova decisiva e terminou na quarta posição na classificação geral da classe Finn, com 61 pontos perdidos. Em seis participações na competição americana, esta foi a quinta vez que Jorginho ficou entre os cinco melhores: foi ouro em 2016 e 2017 e bronze em 2013 e 2014.

“O objetivo era o pódio, mas não foi um mau resultado. Em relação ao ano passado, eu melhorei muito nas largadas, mas perdi pontos no popa aqui. Agora é continuar treinando e tentar ajustar a parte tática”, afirmou o brasileiro, que pela terceira vez consecutiva terminou no top 5 em etapas da Copa do Mundo de vela (ouro em Miami-2017 e 5° lugar em Hyères-2017, na França).

A semana foi relativamente atípica em termos de condições de vento na Flórida, com rajadas mais fortes do que o normal para esta época do ano. O vencedor da classe Finn foi o inglês Giles Scott, atual campeão olímpico da classe, com apenas 19 pontos perdidos. O velejador britânico dominou a última regata de ponta a ponta, mas sempre com Jorge Zarif logo atrás, na cola. A prata foi para o americano Caleb Paine (51 p.p.) e o bronze ficou com o turco Alican Kaynar (54 p.p.).  Continuar lendo “Em Miami,Jorge Zarif é o melhor brasileiro na Copa do Mundo”

Paradeda/Mazin conquistam o segundo título brasileiro de Snipe consecutivo

Pódio 2 Snipe 2018 _ Claudio Bergman.JPG

Se a classe Snipe brasileira tivesse um rosto, com certeza ele seria carequinha como Alexandre Paradeda. O gaúcho, que já era o maior campeão brasileiro da classe, acaba de colocar mais uma vez o seu nome no troféu transitório, ao lado de Lucas Mazin. Desta vez, o título veio em casa, em uma disputa familiar com Beto Paradeda e Phillip Grochtmann, que ficaram com a prata. Este foi o 12º título de Xandi, o segundo consecutivo ao lado de Lucas.

“Essa foi uma semana muito incrível para mim. Eu retornei ao Janga e a Porto Alegre. Encontrei a família e muitos amigos que não via há muito tempo, depois da mudança para Ilhabela. Foi um campeonato de alto nível, com 60 barcos e no final essa disputa particular com o meu irmão. Agora iremos nos preparar para a eliminatória do Pan no próximo ano. É o campeonato mais importante e onde vamos dar foco total”, disse Xandi.

Os santistas Rafael Gagliotti e Henrique Wisnieski, que chegaram a liderar a competição, acabaram com o bronze. Na categoria Gran Master, Mário Eugenio Tavares e Celeste Torres, do Clube Regatas Guanabara, conquistaram a medalha de ouro. Paulo Santos e Thiago Sanguineto, do Iate Clube do Rio de Janeiro, ficaram com a segunda colocação. Paulo foi homenageado com o Troféu Legend, pela sua história vitoriosa no Snipe. O angolano, de 74 anos, já foi cinco vezes campeão brasileiro, conquistou dois bronzes em mundiais, além de dois títulos europeus, entre outros troféus. Continuar lendo “Paradeda/Mazin conquistam o segundo título brasileiro de Snipe consecutivo”

Em Miami, Brasil avança para a medal race na Copa do Mundo

Carlos Robles e Marco Grael 02_Credito Jesus Renedo_Sailing Energy.jpg

A etapa de Miami da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela) chega ao primeiro dia de regatas da medalha e o Brasil estará presente na disputa na classe 49er. Carlos Robles e Marco Grael deixaram para trás o barco da Itália por uma vantagem de apenas 0,1 ponto perdido (103,9 a 104,0), avançando em décimo lugar. A prova final será neste sábado (27), mesmo dia em que velejadores brasileiros irão em busca de melhores posições nas classes 470 e Finn, na luta por pódios no campeonato.

Nesta sexta-feira (26), as regatas foram canceladas pelas más condições de vento no City of Miami Regatta Park. Além da 49er, a fase de classificação chegou ao fim na classe Nacra 17, com o Brasil terminando com Samuel Albrecht e Bruna Martinelli em 13º lugar (85 pontos perdidos), e João Bulhões e Gabriela Nicolino logo atrás em 14º (86 p.p.). Continuar lendo “Em Miami, Brasil avança para a medal race na Copa do Mundo”

Alexandre Paradeda e Lucas Mazim assumem a liderança do Brasileiro de Snipe

 

Se no segundo dia do Brasileiro de Snipe, que está sendo disputado em Porto Alegre, o vento não apareceu, no terceiro dia de regatas ele apareceu e os gaúchos Alexandre Paradeda e Lucas Mazim mostraram que o conhecem muito bem. A dupla somou dois segundos e um primeiro lugares para abrir sete pontos na liderança. Beto Paradeda e Philip Grotchman aparecem em segundo, enquanto Rafael Gagliotti e Henrique Wisniewski estão em terceiro. A competição continua nesta sexta-feira com a previsão da realização de mais duas regatas.

Resultado completo

Clínicas de verão da BL3 são um sucesso em Ilhabela

2ª 15 a 19.JPG

O mês de janeiro chega ao fim e com ele também termina a edição de verão da Clínica de Vela para crianças da BL3. Foram três semanas de muitas velejadas, brincadeiras e diversão. A terceira turma conclui o curso nesta sexta-feira e já se prepara para voltar para o mar em julho, quando acontecem as clínicas de inverno. No total passaram pelas areias da praia da Armação 72 crianças que foram recebidas pelos instrutores Pedro Rodrigues, Gabriel Ramos, Thomas Scheidt, Alex Magalhães, Ronaldo, Felipe Santos, Bruno Rodrigues, Klayton Silva, Aldeir Dias, Ivanilson e Bruninho, e que contaram com o apoio em terra da Aline Nascimento, Gabriella Souza e Nataly Macena.

Para mais informações sobre as próximas turmas, fique de olho aqui no site.

Vento fraco atrapalha Brasileiro de 29er na Guarapiranga

28082573069_b094f296a4_k.jpg

A previsão de ventos rondados e mais fracos se confirmou na Guarapiranga e apenas uma regata do Brasileiro de 29er pôde ser realizada. Nicolas Bernal e Gabriel Michaelis seguem na liderança, com 5 pontos perdidos. Giovanne Pistollero e Gabriel Simões aparecem sem segundo, enquanto Lucas Cazale e Richard Hilbert estão em terceiro. A competição segue nesta quinta-feira, aniversário de São Paulo, no Yacht Club Santo Amaro.

Foto: Volnys Bernal