Vela Master: Por que razão competimos ou voltamos a competir? Por Manfred Kaufmann Jr

Observa-se que os eventos Master em diversas modalidades multiplicam-se e ocupam atualmente um lugar de destaque no cenário esportivo.

A categoria Master veio para prolongar a vida esportiva de atletas competitivos, possibilitando a participação em disputas de alto nível entre atletas que gostam do desafio competitivo, tendo o benefício da prática esportiva, bem como da camaradagem e convívio social. Continuar lendo “Vela Master: Por que razão competimos ou voltamos a competir? Por Manfred Kaufmann Jr”

Dupla de Fortaleza conquista o Norte-Nordeste de HC16

1robcat 2017.jpg

A dupla Robert Bezerra e Adailton Fidelis, da Iate Clube de Fortaleza, conquistou, neste domingo (03), o título do Campeonato Nordeste de Hobie Cat 16, realizado no Cabanga Iate Clube de Maria Farinha, Litoral Norte de Pernambuco. Os cearenses venceram todas as regatas que correram, totalizando a disputa com apenas cinco pontos perdidos.

A segunda colocação geral ficou com Daniel Nottingham e Rafael Feijó, que também são atletas do Iate Clube Fortaleza. Eles foram seguidos por Wilson Alves Neto e Domingos Pinto Lessa, do Icaju.

Outro destaque na competição foi o velejador do Cabanga Tiago Monteiro, um dos principais nomes da nova geração da vela de Pernambuco. Ao lado do cearense Francisco Souza, Tiago conquistou o título na categoria Júnior e Estreante. “Estrear com título é sempre muito bom, mas, o principal para mim neste Regional foi ajustar os detalhes para a estreia na Copa da Juventude, próxima terça-feira (5). Serviu como um treinamento, pois simulou muito do que será o campeonato”, comentou o atleta pernambucano.

Velejando há pouco mais de dois meses com Francisco Souza, Tiago acredita que a competição desde final de semana trouxe outro ganho. “Estar na mesma raia de velejadores com bastante experiência foi muito bom para aprimorarmos nosso entrosamento na água. Não tenho dúvidas que os erros cometidos na raia serão ajustados para a Copa”, complementou.

Outra dupla do Cabanga Iate Clube de Pernambuco, composta por Guilherme Araújo e Edna Melo, encerrou as disputas na 7ª colocação geral.

COPA DA JUVENTUDE

A partir de agora, todas as atenções estarão voltadas para a XXIV Copa da Juventude, que começa nesta terça-feira (05), no Cabanga. Setenta e três atletas de sete estados e 11 clubes estão confirmados na maior competição de vela jovem do Brasil.

A nova geração de velejadores do Brasil vai ter uma motivação a mais na Copa da Juventude. A campeã olímpica Kahena Kunze estará presente nesta segunda-feira (4) para uma clínica da classe 29er. A velejadora chega a capital pernambucana direto do Campeonato Mundial da classe 49er FX, em que conquistou a medalha de prata ao lado de Martine Grael, no último sábado, em Portugal.

“Contar com a Kahena em Recife é uma forma de estimular ainda mais a paixão dos jovens atletas pela vela. Trata-se de uma campeã olímpica, alguém que dá um exemplo de que, se o velejador tiver talento, compromisso e dedicação pelo esporte, pode conquistar as maiores glórias”, afirmou Walter Böddener, gerente técnico da Confederação Brasileira de Vela (CBVela).

Da assessoria do Cabanga