Irmãos Grael disputam flotilha ouro no Mundial de 49er; Martine briga pelo título

21199406_1859432677416912_8136337687375319130_o.jpg

Depois de quatro dias de evento (dois de regatas) os velejadores que disputam o Mundial de 49er e 49erFX no Porto, em Portugal, foram divididos em três flotilhas. Martine Grael e Kahena Kunze, são as melhores do time brasileiro, e aparecem em segundo entre as meninas, a três pontos da dupla neozelandesa Alex Malloney e Molly Meech, segunda colocada.

Entre os homens, Carlos Robles e Marco Grael foram os únicos brasileiros a se classificarem na flotilha ouro, na 19ª colocação.

“Finalmente pegamos as condições que esperávamos de Porto, sabemos que aqui tem bastante onda e somado com vento deixam a velejada bem enérgica! Fomos para a agua com a expectativa de fazer 4 regatas e o primeiro objetivo era não capotar, e conseguimos cumprir bem a façanha nas duas primeiras regatas e com bons resultados 6 e 7, já na última com o vento mais forte não teve muito jeito. O barco estava muito rápido e ainda salvamos um 13 que nos deixou na flotilha ouro, agora reduzida a somente 20 barcos (dos 80 competidores). Nesta sexta começa uma nova regata e estamos felizes por cumprir nossa primeira meta, não temos muito a perder, é focar em recuperar!”, disse Marco.

Robert Scheidt e Gabriel Borges aparecem em 35º e Dante Bianchi e Thomas Low-beer, em 38º.

Os resultados podem ser vistos aqui: http://bit.ly/2vLd3sS