Terça-feira teve regatas barla-sota e de percurso em Ilhabela

 

Nesta terça-feira foram disputadas as primeiras regatas barla-sota da Semana de Vela de Ilhabela. As classes IRC, C30, HPE30, BRA-RGS e ORC fizeram duas provas dentro do canal de São Sebastião, com vento sul em torno de 12 nós. Já as classes Clássicos e Bico de Proa fizeram uma regata de percurso contornando o Farol dos Moleques, próximo à balsa.

“Tivemos duas regatas com vento muito bom. Os barcos estão sempre muito parelhos, se alternando na liderança. Tivemos dois vencedores diferentes nas duas regatas. Nós fizemos dois segundos e somamos a mesma pontuação do Caiçara”, disse Xandi Paradeda, tático do C30 Caballo Loco, que aparece na segunda colocação.

Na ORC, mudança na liderança. O Ângela IV, de Peter Siemsen, assumiu a ponta ao fazer a melhor média do dia: uma vitória e um segundo lugar. Na IRC, o Rudá, de Mário Martinez, segue na liderança com apenas três pontos perdidos, nove a menos que o Montecristo, de Julio Cechetto, segundo colocado. Entre os HPE 30, o Neptunos HP, de André Mirsky, assumiu a ponta também com uma vitória e um segundo lugar.

“Estamos muito contentes com a vitória na primeira regata,  pois na regata longa nos faltou um metro para conseguir o primeiro, então essa segunda regata foi um alívio para o nosso esforço. Já na segunda regata optamos por largar na bóia e os argentinos largaram perto da Comissão de Regatas. A opção deles foi mais acertada e conseguiram cruzar na frente quando chegamos perto de São Sebastião. A partir dali defendemos nossa posição uma vez que o segundo lugar nos servia. Tivemos uma bela disputa com o The Punisher, do Gual, com Clinio de Freitas na tática, mas conseguimos abrir bem na última perna e assegurar o segundo com maior tranquilidade. Agora é tentar manter a média. Estamos 3 pontos a frente do segundo, ideia é não tomar muito risco e manter entre os 3 primeiros de regata em regata. Os barcos são muito idênticos, ganha quem erra menos”, disse Mirsky.

Na regata de Clássicos o Áries III, de Alex Calabria, foi o melhor, enquanto entre os Bico de Proa o primeiro colocado é o Bacanas IV. Na RGS o líder é o Nativo, de Eduardo Harabedian.

Os resultados acumulados após as regatas desta terça-feira são os seguintes:

ORCORC
IRC
BRA-RGS
C30
HPE30
Clássicos
Bico de Proa

Fotos de Marcos Méndez/ Sail Station

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s