Catarinense de Laser reúne 14 barcos na primeira etapa

A Coordenação da Classe Laser SC organizou no último final de semana a primeira etapa do Catarinense de Laser 2017. No total 14 laseristas estiveram presentes no campeonato realizado no Lagoa Iate Clube. No Laser Radial, o velejador Fabio Ramos levou a melhor após vencer duas das três regatas disputadas. O paranaense Luciano Gubert de Oliveira venceu duas regatas e ficou com o titulo na Classe Laser Standard, enquanto na 4.7, Guilherme Berenhauser, recém chegado na classe, levou a melhor.

“Espero que iniciemos um círculo virtuoso e a classe Laser em SC volte a ter mas de 10 barcos nas regatas de fim de semana.”, disse o coordenador regional.

America´s Cup: Artemis é prejudicado por erro de juiz

O terceiro dia de disputas da fase classificatória da America´s Cup foi marcado por um erro dos juízes em uma penalização contra o Artemis. A equipe sueca comandada por Nathan Outeridge ocupa a quarta colocação na corrida pela vaga na America´s Cup.

“Quando eles estavam vindo para o último gate, com as informações que tínhamos na hora, o Artemis teria que se manter afastado do ETNZ e nosso trabalho era ter certeza disso, mas não ficamos tão seguros”, ”isse Richard Slater, Chief Umpire da America´s Cup Race Management. “Tivemos uma discussão, olhamos outras evidências, informações e dados e acho que se pudéssemos voltar no tempo, não teríamos dado o pênalti para o Artemis”, concluiu.

“Estamos chocados com o que aconteceu”, disse o skipper Outteridge. Esta foi a regata mais disputada do dia, com nove trocas de liderança. Com a vitória o ETNZ aparece na segunda colocação, atrás apenas do Oracle Racing.

Nos outros dois matches do dia, o Groupama Team France venceu o Land Rover BAR por 53 segundos, e o Softbank Team Japan venceu o Groupama Team France por 2 minutos e 34 segundos.