Brasileiros disputam três medalhas no Princesa Sofia

A Equipe Brasileira de Vela garantiu lugar em três regatas da medalha no tradicional Troféu Princesa Sofia, em Palma de Mallorca, na Espanha. Nesta sexta-feira (dia 31), os velejadores do Brasil encerraram a participação na fase classificatória com Geison Mendes e Gustavo Thiesen em oitavo na 470 masculino; João Bulhões e Gabriela Nicolino na nona colocação na Nacra 17; e, na última prova da 49er, Carlos Robles e Marco Grael se garantiram no top 10 e avançaram na décima posição. A disputa por medalhas na Baía de Palma será neste sábado (dia 1), a partir das 5h de Brasília (10h no horário local).

Feliz com a vaga na Medal Race após uma semana de resultados consistentes, Geison Mendes falou sobre o novo formato da disputa na 470, em que apenas os oito melhores avançam para a disputa final. Continuar lendo “Brasileiros disputam três medalhas no Princesa Sofia”

Organização divulga o AR do Ubatuba Sailing Festival

WhatsApp Image 2017-03-31 at 14.27.09

Entre os dias 28 de abril e 1º de maio o Ubatuba Iate Clube vai promover mais uma edição do Ubatuba Sailing Festival. O evento é aberto a todos os barcos das classes ORC, IRC, C30, BRA RGS e Bico de Proa. As inscrições podem ser feitas no site www.ubatubaiateclube.com.br a partir do dia 3 de abril e custam R$ 100,00 por tripulante até o dia 20. Após esta data o valor sobe para R$ 120,00 por tripulante. Tripulante mirim não paga. Sempre após as regatas haverá uma confraternização no clube.

Para mais informações, confira o Aviso de Regatas.

Mapfre perde o mastro durante treino para a VOR

phoca_thumb_l_march31_mapfre.jpg

Na última quinta-feira o mastro do VO65 Mapfre veio abaixo enquanto a equipe treinava para a Volvo Ocean Race na ilha de Ons, na Espanha. O vento estava na casa dos 25 nós e o mar tinha aproximadamente 4 metros de onda. “Ouvimos um barulho e o rig começou a cair para boreste”, disse Pablo Arrarte, wacht captain da equipe, que estava como skipper neste período de treino. O mastro quebrou abaixo da primeira cruzeta e ninguém se machucou. O time levou cerca de duas horas para garantir que o barco não tinha sofrido nenhum dano maior e para recolher as partes quebradas e as velas. “Temos que analisar os dados e as partes quebradas para chegar a uma conclusão”, completou. O barco já foi usado na última volta ao mundo e foi reformulado pelo estaleiro da Volvo Ocean Race. O mastro também era usado.

Veja o vídeo do incidente:

Continuar lendo “Mapfre perde o mastro durante treino para a VOR”