Copa Cidade de Porto Alegre abre comemorações de aniversário da capital gaúcha

Velejaço da XXIII Copa Cidade de Porto Alegre pintou de cores a orla do Guaíba. Foto André Alves de Oliveira.jpg

Um final de semana perfeito para os amantes da vela. Com um belo céu azul e ventos que chegaram próximos aos 20 nós de intensidade, emoções não faltaram na XXIII Copa Cidade de Porto Alegre de Vela de Oceano, uma homenagem  à capital gaúcha, que no próximo dia 26 completa seu aniversário de 245 anos.  As três principais premiações da competição – troféu rotativo da classe ORC, troféu rotativo da classe RGS e barco Fita Azul (primeira embarcação a cruzar a linha de chegada no Velejaço) ficaram com o Clube dos Jangadeiros.  Prestigiaram a cerimônia de premiação autoridades como o vice-prefeito de Porto Alegre, Gustavo Paim, o Comandante da Capitania dos Portos de Porto Alegre, Amaury Marcial Gomes Junior,  e o representante do Governo Estadual do Rio Grande do Sul, o assessor superior da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer, Gelson Pires.

Mais uma vez, as imponentes embarcações de oceano pintaram de cores a orla do Guaíba com suas velas em trajeto que foi até a Usina do Gasômetro. O barco Hobart (vencedor na ORC), do Comandante Airton Schneider, o barco Caulimaran (vencedor na RGS), do Comandante Emilio Strassburger e o barco San Chico 3 (vencedor no Fita Azul), do Comandante Francisco Freitas, foram os grandes campeões.  

 “Estamos muito felizes em ter vencido a Copa Cidade de Porto Alegre depois de alguns anos sem o título. Para mim, essa vitória teve um gostinho especial porque pude velejar ao lado do meu filho, Artur, após um certo tempo sem competirmos juntos. Comissão de regata, Clube dos Jangadeiros, demais embarcações e tripulações estão todos de parabéns. Foi um belo campeonato”, declarou Airton Schneider, campeão da classe ORC.

Uma das grandes atrações da edição deste ano da Copa Cidade de Porto Alegre foi a presença do medidor chefe internacional da classe ORC-INT, o italiano Nicola Sironi. Graças a sua presença, o cálculo dos resultados das regatas pode ser transmitido ainda com os barcos na água, com muito mais rapidez. Sironi esteve na Capital para dar treinamentos aos medidores do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além de disponibilizar o programa que elabora a fórmula matemática dos cálculos. Todo esse cuidado é necessário para garantir que se obtenha o resultado mais justo possível a cada regata, já que os barcos da classe não seguem um padrão.

“O Clube dos Jangadeiros se sente extremamente orgulhoso em patrocinar esta Copa Cidade de Porto Alegre, trazendo os velejadores dos clubes co-irmãos para celebrarmos o aniversário da nossa capital. Essa é a maneira que os iatistas, que tanto navegam no Guaíba, têm a agradecer a esta cidade, que de dentro das águas é ainda mais bonita”, encerrou o Comodoro do Clube dos Jangadeiros na cerimônia de premiação do campeonato festivo.

Confira o resultado completo:

Classe ORC

Classes RGS, J24 e MT19

Velejaço

Solitário

Itajaí Sailing Team recebe prêmio da Copa Brasil de Oceano

IMG_8680 (1).jpg

A equipe do Itajaí Sailing Team – time de vela que representa a cidade em competições nacionais – participa no próximo dia 23 de março, no Iate Clube do Rio de Janeiro, da entrega do prêmio da Copa do Brasil de Oceano 2016. A equipe venceu a competição na Categoria IRC. A solenidade será realizada no Salão Marlin Azul no Iate Clube, a partir das 19h. O prêmio será entregue ao técnico da equipe, André Bochecha Fonseca, e ao velejador Gastão Furlin, uns dos destaques da equipe e natural de Itajaí.

De acordo com Associação Brasileira de Vela Oceânica (ABVO), o Itajaí Sailing Team fez um excelente trabalho não só nas regatas, mas também fora delas. A equipe catarinense coordenada por Alexandre Santos deixou sua marca nas inúmeras ações sociais que fez por onde passou, levando livros e material escolar para as escolas públicas das cidades onde os principais eventos foram disputados.

De acordo com Alexandre dos Santos, 2016 foi um ano de grande realizações. A primeira delas foi a aquisição do novo veleiro, considerado um momento único para o projeto. “O segundo passo muito importante foi a formação de velejadores”, disse. A terceira realização do ano passado foram os resultados nas competições que a equipe participou. “O ITS sempre manteve a regularidade e isso fez toda a diferença, o que garantiu o título nacional, até então inédito na vela catarinense”, reforça.

O time, que compete num veleiro da classe Soto 40 com 10 tripulantes, participou das principais competições da vela oceânica do País no Sul, Sudeste e Nordeste. Foi campeão estadual da categoria IRC, venceu a Regata Marejada e ficou em 2º lugar na Regata Santos Rio. O projeto Itajaí Sailing Team tem o patrocínio da APM Terminals Itajaí, Portonave, Multilog, JBS, Brasfrigo e Poly Terminais, além de apoio da Anasol, Marina Itajaí, Molim e Clindex.

1ª etapa da Copa Suzuki termina em Ilhabela após dois finais de semana

DSC_3279
Foto: Aline Bassi

Terminou neste domingo o Yacht Club de Ilhabela a primeira etapa da tradicional Copa Suzuki de Vela Oceânica. Foram quatro dias (dois finais de semana) de competições e confraternizações. As classes RGS e IRC tiveram cinco regatas cada, com Helios II e Maria Preta terminando na liderança de cada classe respectivamente. Já as classes HPE e C30 tiveram 10 regatas, com Repeteco e Caiçara em primeiro respectivamente.

Para ver os resultados completos clique nos links abaixo:

RGS
IRC
HPE25
C30

Hans Hutzler e Teresa Carina vencem o Norte/Nordeste de Dingue

Neste final de semana o Iate Clube de Itamaracá recebeu o V Campeonato Norte/Nordeste da classe Dingue. O evento contou com 24 inscritos, que disputaram seis regatas entre os dias 17 e 19. Os campeões foram Hans Hutzler e Teresa Carina, seguidos por Leonardo Almeida e Thiago Chang na segunda colocação e Luciana Raposo e Ana Lúcia Monteiro em terceiro. A competição marcou a reativação do Iate Clube, que foi muito importante na história da vela pernambucana.

Para ver os resultados completos, clique aqui.