Classe Finn testará novo formato de competição em Palma

12645059_939142856168044_6648544705676126392_n.jpg

O Trofeo Princesa Sofia é uma das competições mais tradicionais das classes olímpicas mundiais. Todo velejador que sonha em disputar uma Olimpíada tem que competir em Palma de Maiorca. E já pensando nas mudanças que serão feitas em Tóqui0 2020, a classe Finn vai testar um novo formato de competição, que funcionará assim:

Round 1: Rodada de abertura, com nove regatas disputadas entre segunda e quinta-feira em um único grupo. Os dois melhores classificados seguem direto para a final. O terceiro, o quarto e o quinto colocados passam para o Round 3, semi-final.

Round 2: Uma única regata classificatória para a semi-final, com toda a flotilha exceto os top 5 da primeira fase, disputada na sexta-feira. Os cinco melhores passam para a semi-final.

Round 3: Semi-final, disputada na sexta-feira se houver tempo ou no sábado, com oito barcos, sendo os cinco melhores do Round 2 e o terceiro, quarto e quinto colocados do round 1. Os pontos serão zerados e os três melhores passarão para a final.

Round 4: Final, com cinco barcos (três melhores do round 3 e dois melhores do round 1). Os pontos serão zerados e o campeão do evento será o campeão desta regata.

O Brasil será representado por Jorge Zarif, quarto colocado nos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s