Volvo Ocean Race anuncia parada na Austrália

m42773_alv-150402-ross-0236.jpg

Volvo Ocean Race anunciou, na madrugada desta sexta-feira (27), a participação de Melbourne na edição 2017-18 da volta. O stop-over australiano será na etapa que liga a Cidade do Cabo a Hong Kong. Segundo a organização, os barcos devem chegar a Melbourne no dia 25 de dezembro, ou seja, no Natal.

John Eren, Ministro do Turismo, comentou: “A Volvo Ocean Race é mais uma grande oportunidade para os habitantes de Melbourne, Victoria, verem algumas das melhores equipas de vela do mundo em ação. Os grandes eventos internacionais têm grande impacto na nossa economia – trazem muitas pessoas que nos enchem os hotéis e os restaurantes, e muito animam as nossas zonas comerciais.”

A etapa entre a Cidade do Cabo e Melbourne terá 6.300 milhas náuticas. Os barcos vão ficar uma semana na Austrália e não haverá In-port Race – regata local – em Melbourne.  A largada para Hong Kong, será no dia 2 de janeiro do próximo ano. Ao todo, a Volvo Ocean Race terá 45 mil milhas náuticas. Em comparação com a edição anterior, a regata terá três vezes mais navegação nos mares do sul.

A mudança da rota de 2017-18 colocará a Austrália pela oitava vez no radar da Volvo Ocean Race. No entanto, será a primeira participação do país dos cangurus, em mais de uma década.

A história da Austrália na Volvo Ocean Race remonta à primeira edição em 1973-74. A regata parou pela primeira vez em Melbourne em 2005-06 e agora regressa pela segunda vez. “Estamos muito satisfeitos por visitar Melbourne novamente – uma cidade vibrante, sede de grandes eventos desportivos, com grandes tradições culturais e uma forte herança marítima”, disse o chefe de operações da Volvo Ocean Race, Richard Mason.

“Tendo nascido na Austrália, eu não poderia estar mais animado em ver a regata no Down Under (expressão coloquial usada para se referir aos países da Oceania). Os fãs da vela em todo o país vão adorar ver os barcos”.

As equipes vão deixar Alicante, Espanha, a 22 de outubro e partem para Lisboa, Cidade do Cabo, Melbourne e Hong Kong, com uma passagem por Guangzhou, na China, que não conta para a classificação.

As duas etapas dos mares do sul – da Cidade do Cabo a Melbourne, e Auckland para Itajaí – mais a travessia do Atlântico Norte, já perto do final da regata, de Newport para Cardiff – terão pontuação a dobrar. A etapa mais longa desta edição da Volvo Ocean Race, terá 7.600 milhas náuticas e vai ligar Auckland a Itajaí.

A Volvo Ocean Race anunciou recentemente uma série de grandes mudanças nas regras, desta mítica regata com 43 anos, incluindo um grande incentivo para as equipes competirem com mulheres.

As datas-chave são as seguintes:

Alicante 

Abertura do Race Village –  11 de outubro de 2017
In-port Race de Alicante – 14 de outubro de 2017
Largada da 1ª etapa – 22 de outubro de 2017

Lisboa

In-port Race de Lisboa – 28 de outubro de 2017
Largada da 2ª etapa – 5 de novembro de 2017

Cidade do Cabo

In-Port Race da Cidade do Cabo – 8 de dezembro de 2017
Largada da 3ª etapa – 10 de dezembro de 2017

Melbourne

Largada da 4ª etapa – 2 de janeiro de 2018

Hong Kong

In-Port Race de Hong Kong – 27 de janeiro de 2018

Guangzhou

In-Port Race de Guangzhou – 4 de fevereiro de 2018
Largada da 5ª etapa – 7 de fevereiro de 2018

Auckland

In-Port Race  de Auckland – 10 de março de 2018
Largada da 6ª etapa – 18 de março de 2018

Itajaí

In-Port Race de Itajaí – 20 de abril de 2018
Largada da 7ª etapa – 22 de abril de 2018

Newport

In-Port Race de Newport – 19 de maio de 2018
Largada da 8ª etapa – 20 de maio de 2018

Cardiff

In-Port Race de Cardiff – 8 de junho de 2018
Largada da 9ª etapa  – 10 de junho de 2018

Gotemburgo

In-Port Race de Gotemburgo – 17 de junho de 2018
Largada da 10ª etapa – 21 de junho de 2018

Haia

In-Port Race de Haia – 30 de junho de 2018

Austrália e a Volvo Ocean Race:

11 velejadores australianos participaram na edição de 2014-15: Will Oxley (Alvimedica), Phil Harmer e Luke Parkinson (Abu Dhabi Ocean Racing), Sophie Ciszek, Stacey Jackson e Liz Wardley (SCA), Andrew Cape (Brunel), Chris Nicholson, Tom Johnson e Tom Addis ( Team Wind Vestas), e Jack Bouttell (Dongfeng Race Team).

A Volvo Ocean Race visitou a Austrália sete vezes: Sydney em 1973-74, 1997-98 e 2001-02, Fremantle em 1989-90, 1993-94 e 1997-98 e Melbourne em 2005-06

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s