Alex Veeren é Campeão Brasileiro de Laser Standard 2017; na 4.7 Andrey Godoy conquista o bicampeonato

dsc_0194
Competição terminou hoje no Yacht Club de Santo Amaro

O 43º Campeonato Brasileiro de Laser Standard e 4.7 terminou neste sábado na Capital Paulista. Alex Veeren, de Santa Catarina, foi o campeão da classe Standard, com 13 pontos perdidos. A regularidade foi a grande arma de Alex nesta competição que, pelo número reduzido de regatas, não permitiu que os velejadores descartassem nenhum resultado. Alex  venceu a primeira regata da competição e seguiu entre os cinco primeiros nas outras três regatas válidas para o campeonato. O segundo lugar ficou com João Pedro Oliveira, do Rio de Janeiro. Phillipp Grochtmann, do Rio Grande do Sul, completou o pódio. “As condições foram difíceis e as regatas foram muito disputadas, eu o Caveirinha (João Pedro) terminamos a competição com poucos pontos de diferença e velejamos em níveis bem parecidos, mas no final meus resultados foram melhores. Estou feliz muito e satisfeito com o resultado”, comenta Alex Veeren.

A regularidade nos resultados também foi o ponto forte de Andrey Godoy, do Paraná, que conquistou o bicampeonato brasileiro na classe Laser 4.7. O velejador, que se despede da classe para ingressar na Laser Radial, venceu duas regatas e terminou as outras duas em segundo lugar. Nicolas Bernal, atual campeão brasileiro de Optimist, e Pedro Bomeisel, ambos do YCSA, sede da competição, completam o pódio nas segunda e terceira colocações respectivamente. “Ainda disputo mais um campeonato de 4.7, o Sul-Americano, mas este é o meu último brasileiro na classe e foi muito bom me despedir com esse título”, conta Andrey Godoy.

São Paulo, que sedia pela primeira um Campeonato Brasileiro de Laser, se despede da grande festa da classe com uma de suas marcas mais forte, a garoa. “Foi um campeonato longo e bastante difícil de ser completado por conta da falta de vento. Ainda assim, acreditamos que a competição foi um grande sucesso para a classe Laser do Brasil todo. Quem veio para cá pode se reunir com amigos, que há muito não participavam de um Brasileiro de Laser, e ainda conferir a nova geração que promete continuar a tradição da classe. Enfim, foi uma grande festa”, comentou Nicolas Garcia, novo presidente da Assossiação Brasileira da Classe Laser (ABCL) e organizador do campeonato.

O 43º Campeonato Brasileiro de Laser reuniu as classes Radial, 4.7 e Standard durante 13 dias no Yacht Clube de Santo Amaro, na zonal Sul da Capital Paulista. Foram 130 atletas na raia da Represa de Guarapiranga, berço de grande atletas da vela como Robert Scheidt. A classe Laser Radial teve Martin Lowy (YCSA) e Gabriel Kidd (ICRJ) como grandes campeões. O próximo Campeonato Brasileiro de Laser já tem local certo para acontecer, o Yacht Clube da Bahia, em Salvador, em janeiro de 2018.

Entenda a classe 

A classe Laser é dividida em três, Radial, 4.7 e Standard. Todas têm o mesmo casco, porém as velas possuem tamanho diferente. A 4.7 é a menor de todas, com 4,70m² de área, perfeita para um velejador que pese entre 45 e 60 kg. Já a Standard é a maior de todas, com 7m² de área, o que exige um velejador com peso maior, entre 78 e 85 kg. É a classe olímpica para homens.

O 43º Campeonato Brasileiro da Classe Laser é organizado pelo Yacht Club Santo Amaro e pela Classe Laser SP, tem a chancela da CBVela e da Fevesp e conta com o apoio da Vcat, Notícias Náuticas e Sailstation.

Site oficial: http://laser2017.sailstation.com/

Fanpage oficial: https://www.facebook.com/BrasileiroDeLaser

Sobre o Yacht Club Santo Amaro:  

O YCSA, como é conhecido o Yacht Club Santo Amaro, foi fundado em 1930 às margens da Guarapiranga por velejadores alemães. Ao longo destes mais de 80 anos de história, revelou grandes nomes do iatismo nacional, como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista. No seu quadro de medalhas estão diversos títulos mundiais, pan-americanos, sul-americanos e, claro olímpicos.

Confira os melhores classificados após duas regatas:

Laser Standard

1º Alex Veeren, 13 pontos perdidos

2º João Pedro de Oliveira, 15 pp

3º Phillipp Grochtmann, 23 pp

4º Felipe Echenique, 24 pp

5º Ricardo Bittencourt, 25 pp

Laser 4.7

1º Andrey Godoy, 6 pontos perdidos

2º Nicolas Bernal, 21 pp

3º Pedro Bomeisel, 22 pp

4º Luiz Otávio Correia, 23 pp

5º Tiago Monteiro, 26 pp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s