Regata de Volta a Ilha encerra Copa Veleiros de Oceano em Florianópolis

unnamed (13).jpg

Após uma longa temporada, composta por nove regatas, a Copa Veleiros de Oceano chega a seu momento derradeiro com a realização da mais esperada etapa do calendário de vela oceânica do estado. A 48ª Volta a Ilha de Santa Catarina será realizada nesse sábado (10), com largada às 10h, em frente à Sede Central do Iate Clube de Santa Catarina.

A Volta a Ilha de Santa Catarina é a principal regata oceânica do estado e uma das mais tradicionais do país, sempre com disputas emocionantes e que duram praticamente o dia todo. Os veleiros cumprem um percurso de aproximadamente 65 milhas náuticas, contornando a Ilha por bombordo (à esquerda do rumo da embarcação).

Estão elegíveis para disputar a 48ª Volta a Ilha de Santa Catarina os veleiros das classes ORC, IRC, C30, Multicascos, RGS (A, B e Cruzeiro) e Visitantes A (Barcos cabinados com LOA igual ou maior que 26 pés). As demais classes – Início/Retorno, HPE, Carmelitas e Visitantes B (Barcos cabinados com LOA entre 21 e 25,9 pés) – participam da 10ª Regata Ilha do Largo.

O percurso da regata menor larga no mesmo local da Volta a Ilha de Santa Catarina em direção ao sul contornando a Ilha do Largo por bombordo. Os veleiros seguem em direção ao vão central das Pontes Colombo Salles/Pedro Ivo Campos e contornam a Ilha de Ratones Pequeno por Bombordo, antes de cruzar a linha de chegada em frente ao Trapiche do Grupo de Busca e Salvamento, próximo ao Forte Sant´Ana.

A Regata Volta a Ilha de Santa Catarina é a mais importante competição de vela oceânica do estado e anualmente encerra o calendário de atividades náuticas do Clube. O recorde da regata pertence ao veleiro Mano Champ´s, comandado por Avelino Alvarez, que em 2011 completou o percurso em 8h43m01s. Atual bicampeão do Troféu Fita Azul (primeira embarcação a cruzar a linha de chegada), o Katana (da classe C30) chega como equipe a ser batida.

E as previsões para o sábado são otimistas para os velejadores. Apesar da chuva que se aproxima as condições de vento para a largada são muito boas, com chances de vento leste virando pra sudeste na parte da manhã com intensidade de 14 a 20 nós, o que seria o ideal para a largada.

Transmissão ao vivo da Regata Volta a Ilha:
Nesse ano será possível acompanhar a 48ª Regata Volta a Ilha em tempo real. Os barcos serão monitorados por GPS através de um software de celular durante todo percurso. Dessa forma, o público poderá visualizar o posicionamento das embarcações no mapa através do link: https://spotwalla.com/locationViewer.php?id=399

Paulo Fax é eleito novo presidente da Associação Brasileira de Velejadores de Cruzeiro

A Associação Brasileira de Velejadores de Cruzeiro acaba de eleger a nova diretoria para o biênio 2017/18. Paulo Fax, de São Paulo, será o novo presidente da entidade, que contará também com os seguintes nomes no quadro diretivo:

VICE-PRESIDENTES REGIONAIS:
São Paulo – Capital: Marcelo Luis Rustiguer
Santos – SP: Maximilian Immo Orm Gorissen
Rio de Janeiro e Niterói – RJ: Matheus dos Santos Buarque Eichler,
Paraná: Werner Egon Schrappe
Paraty – RJ: Murilo Junqueira Martyr Junior
Ubatuba – SP: Claudio Lehmert Renaud
Brasília – DF: Elson Fernandes
Bahia – Sergio Correa Chagas
Interior de São Paulo: Paulo Luiz Athaydes de Abreu

Diretora Feminina: Priscilla Marjorie Olivastro
Diretor Financeiro: Volnys Borges Bernal
Diretor de Comunicação: Ricardo Amatucci
Diretores de Responsabilidade Social: Eduardo P. de Souza Schwery e Mauricio Rosa
Diretor de Informática: Roque Jurandir de Andrade

Presidente do Conselho Diretor: Fernando de Camargo Sheldon Júnior
Membro do Conselho Diretor:
Volnys Borges Bernal.
Ricardo Amatucci
Claudio Santini
José Mauricio Freire Napoleão

 

Premiação das regatas encerra comemoração dos 75 anos do Jangadeiros

IMG_5955.JPG

Um clube com tanta tradição na vela nacional e internacional não podia deixar de celebrar o seu 75º aniversário sem uma grande festa náutica. Com o cancelamento da agenda de sábado (3) devido ao mau tempo, todas as regatas comemorativas foram disputadas no domingo. As largadas respeitaram a seguinte ordem: solitário, mista, velejaço, oceano (Microtonner 19, RGS-BRA e ORC-INT) e, por último, os monotipos.

À noite, a partir das 20h, ocorreu na Sede da Ilha a premiação aos vencedores. O evento marcou o encerramento das festividades do aniversário de 75 anos do Jangadeiros. Ao todo, 41 prêmios foram entregues e o CDJ ficou com 22, entre eles o Troféu Edmundo Soares entregue a João Emilio Vasconcellos.“Essa honraria festeja os ideias de um sócios mais proeminentes que o Clube já teve. Edmundo era alguém que apostava muito nos talentos jovens. Além dos bons resultados, o Troféu reconhece o caráter e todos os atributos que um velajador precisa ter”, descreveu o comodoro, Manuel Ruttkay Pereira, logo antes de entregar o prêmio itinerante a João Emilio.

Continuar lendo “Premiação das regatas encerra comemoração dos 75 anos do Jangadeiros”