Vendée Globe: Kito de Pavant é resgatado; Seb Josse desiste da regata

Mais um dia no mar para os velejadores da Vendée Globe é mais um dia de… problemas! Seb Josse, que estava com o foil de bombordo do Edmond de Rothschild quebrado desde segunda-feira quando colidiu com uma onda, desistiu da competição. Ele e seu time bem que tentaram pensar em uma solução para consertar o barco, porém, o vento de mais de 40 nós e as ondas de mais de 8 metros não ajudaram muito.

Em oitavo lugar, Thomas Ruyant também relatou problemas a bordo esta manhã. Uma quebra no dispositivo de lastro de bombordo fez com que muita água entrasse no barco. Ele deu um jibe e está tentando secar o compartimento. No momento ele enfrenta ventos de 30 a 40 nós, com ondas de 3 a 4 metros.

A boa notícia do dia vem de Kito de Pavant, que foi resgatado e já está abordo do navio Marion Dufresne II a mais ou menos 110 milhas ao norte da ilha Crozet.

“Tive sorte com o meu azar. O Marion Dufresne II estava na área, o que acontece apenas quatro vezes ao ano. As condições estavam duras e era alta madrugada. Não tinha mais como tirar água do barco… foi duro deixá-lo no meio do nada… é muito triste perder meu barco, mas foi a única solução, já que eu não tinha mais energia para bombear a água e não tinha como carregar as baterias. Um pedaço grande do casco foi danificado, já que a parte de baixo do casco saiu com o suporte da quilha”, disse Kito.

“Embarcamos o Kito no nosso inflável nesta manhã, apesar o vento permanecer com força 6 ou 7 e muita onda. Estávamos em uma missão de abastecimento nas ilhas do sul, que é o nosso trabalho usual em dezembro. Saímos das ilhas Reunião no dia 2. O MRCC tentou nos contatar, sem sucesso, e quem conseguiu foi o centro de segurança em Marselha às 9h UTC de terça-feira. Estávamos a 110 milhas de distância mais ao norte. Apesar das condições ruins, fomos até ele o mais rápido o possível. Chegamos próximos a ele quando a noite já estava caindo e não tinha muito o que fazer imediatamente e ele estava em total controle do seu barco. Combinamos que esperaríamos amanhecer para jogar o nosso inflável para ele. Ele explicou que havia controlado a entrada de água a bordo e combinamos que se o barco dele capotasse por conta da perda da quilha, ele pularia na água no seu equipamento de salvatagem. Mantivemos contato regular com ele, o que permitiu que ele descansasse um pouco. Nesta manhã a situação piorou e o nível da água subiu dentro do barco. Logo conseguimos resgatá-lo e trazê-lo para dentro do navio. Nosso médico está cuidando dele”, disse o capitão do Marion Dufresne II. Kito não está machucado, mas está muito cansado.

Após 31 dias de regata, a lista dos desistentes é a seguinte:

Bertrand de Broc, Macsf
Vincent Riou, PRB
Morgan Lagravière, Safran
Tanguy de Lamotte, initiatives-Coeur
Kojiro Shiraishi, Spirit of Yukoh
Kito de Pavant, Bastide Otio
Sébastien Josse, Edmond de Rothschild

Para acompanhar o tracking, clique aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s