Campeões da Copa Suzuki são definidos após Regata Volta a Ilha

Após quatro etapas ao longo do ano, neste sábado terminou em Ilhabela a 16ª edição da Copa Suzuki. Os barcos maiores que 30 pés disputaram a tradicional Regata de Volta a Ilha, enquanto os menores fizeram regatas dentro do canal. O fita-azul da volta a ilha foi o Sessentão, de Alain Simon, com apenas oito segundos de vantagem sobre o Montecristo, de Julio Cechetto, segundo colocado. O resultado final acumulado pode ser visto nos links abaixo:

RGS

HPE25

Bico de Proa

C30

As datas para 2017 já foram divulgadas e serão as seguintes:

1ª Etapa
11, 12 e 18, 19 de março
XVII CIRCUITO ILHABELA (Copa Suzuki)

2ª Etapa / Warm Up
27, 28 de maio e 3, 4 de junho
XVII CIRCUITO ILHABELA (Copa Suzuki)

7 a 15 de julho
44ª. SEMANA DE VELA DE ILHABELA

3ª Etapa
16, 17 e 23, 24 de setembro
XVII CIRCUITO ILHABELA (Copa Suzuki)
2ª. Etapa Campeonato Paulista de Oceano

4ª Etapa e XVII Regata Volta Ilhabela
25, 26 de novembro e 2, 3 de dezembro
XVII CIRCUITO ILHABELA (Copa Suzuki)

 

 

Spirit of Yukoh perde o mastro e Kojiro Shiraishi é obrigado a desistir da Vendée Globe

dematage-spirit-of-yukoh-r-1680-1200

O velejador Kojiro Shiraishi tomou um susto na madrugada do último domingo. Enquanto o velejador estava dentro do barco, ouviu um estrondo muito forte e o mastro veio abaixo. “Às 3h30 UTC ouvi de dentro do barco o mastro se quebrando. Rapidamente fui para fora do barco para checar o estrago, mas o mastro estava quebrado na metade, acima da segunda cruzeta. Consegui remover a parte quebrada e precisarei subir no mastro de novo para arrumar a bagunça. O vento estava na casa dos 20 nós quando isso aconteceu. Não preciso de assistência, estou seguindo para a Cidade do Cabo. Peço desculpas para todos os que me apoiaram e queria deixar o meu agradecimento especial aos meus patrocinadores”, disse ele.

Enquanto isso, Armel Le Cleac’h acaba de bater o tempo de referência até o Cabo Leewin em 5 dias, 14 horas e 16 minutos. Na liderança novamente, ele está a mais de 100 milhas de Alex Thomson, segundo colocado.

Para acompanhar o tracking da regata em tempo real, clique aqui.

Scheidt e Maguila conquistam o bronze na final da Star Sailors League

15259528_1189968167719733_5360260371216533583_o.jpg

Scheidt e Maguila venceram a regata das quartas de final, chegaram em segundo na semi e conquistaram o bronze na prova decisiva, garantindo assim, o pódio na Star Sailors League Finals (SSL) nas Bahamas. Mendelblat e Fatih (EUA) sagraram-se bicampeões (2014 e 2016), enquanto os franceses Rohart e Ponsot ficaram com a medalha de prata. As regatas deste sábado (3) foram disputadas com vento nordeste entre 12 e 14 nós na Baía de Montagu.

A eliminação de três tripulações a cada regata garantiu a emoção nas quartas de final e semifinal disputadas respectivamente por oito e seis barcos. A final reuniu quatro duplas: os vencedores da primeira fase, Negri e Lambertenghi (ITA), juntaram-se aos três primeiros da semifinal, os timoneiros Scheidt, Rohart e Mendelblat. Os italianos dominaram a fase de classificação e mais uma vez acabaram em quarto lugar, a exemplo de 2013 em Nassau e do SSL City Grand Slam de Hamburgo (ALE) deste ano. Continuar lendo “Scheidt e Maguila conquistam o bronze na final da Star Sailors League”

Tiago Monteiro conquista Regional Nordeste de Laser 4.7

tiago-monteiro-1

Recém-saído do Optimist, o velejador do Cabanga Iate Clube de Pernambuco, Tiago Monteiro (TimePE), conquistou, neste domingo (4 de dezembro), o seu primeiro título na classe Laser. O jovem atleta ficou com o título na categoria 4.7 do 39º Regional Nordeste da classe, realizado na sub-sede do Cabanga, em Maria Farinha, Litoral Norte de Pernambuco. (confira o resultado completo)

As condições do vento durante os três dias de competição foram bastante favoráveis à prática de uma boa velejada. De acordo com os membros da Comissão de Regata, a velocidade do vento variou entre 12 e 8 nós.

A superioridade de Tiago Monteiro na competição foi visível desde as primeiras regatas. Das sete disputadas nos três dias de campeonato, ele venceu seis, tirou um segundo lugar terminando o Regional com apenas seis pontos perdidos (PPs). O também velejador do Cabanga, Vinicius Gondim, foi o segundo melhor. Felepe Almeida, do Yacht Clube da Bahia (YCB) fechou o pódio na terceira posição.

Radial

A definição do campeão regional de laser na categoria Radial só foi definida nos critérios de desempate. Os três primeiros colocados terminaram a competição com o mesmo número de pontos perdidos – 12. Melhor para Geraldo Wicks, do Yacht Clube da Bahia, que somou mais segundos lugares e levou o troféu de campeão. O baiano Antônio Lopes Neto, também do YCB, ficou em segundo e Yuri Reithler, do Cabanga, em terceiro.

Standard

O YCB também garantiu o primeiro lugar na categoria Laser Standard, com Alberto Vita. O baiano liderou todo o Regional e mesmo não participando da sétima e última regata por conta de uma contusão garantiu o título por conta do descarte do seu pior resultado.

2017

O próximo Regional Nordeste de Laser, que em 2017 chegará a sua 40ª edição, será realizado no Iate Clube da Paraíba.