Vendée Globe tem mais um incidente e Vincent Riou é forçado a desistir

PRB_aerial_469.jpg

Depois da desistência de Bertrand de Boc no último final de semana, nesta terça-feira foi a vez de Vincent Riou abandonar a Vendée Globe. A bordo do PRB, o velejador francês se chocou com um Objeto Flutuante Não Identificado no último domingo e, com problemas na quilha, acabou desistindo da competição após 16 dias no mar.

“É um grande desapontamento. Mas, como sempre, a vida continua e para mim significa levar o meu barco a salvo para algum lugar. No domingo à noite alguma coisa se chocou com o bulbo. A quilha imediatamente começou a vibrar e depois a se mover para os lados. Isso logo parou. Não foi imediatamente já que o barco velejava a 25 nós quando isto aconteceu. É normal coisas baterem na quilha nestas regatas oceânicas e o choque nem foi tão grande.

Mais tarde naquela noite comecei a ouvir barulho de rachaduras na quilha. Aquele tipo de barulho que já ouvido antes do carbono raspando entre a quilha e o casco. Pensei ser alguma fricção, mas nada sério. Gradualmente o barulho foi aumentando. Comecei a me questionar e pensar no que poderia acontecer. Resolvi falar com o pessoal de terra.

Continuar lendo “Vendée Globe tem mais um incidente e Vincent Riou é forçado a desistir”

RYC divulga o AR da tradicional Regata Preben Schmidt

No dia 17 de dezembro o Rio Yacht Club Sailing promoverá mais uma edição da tradicional Regata Preben Schmidt, que fecha o calendário da vela oceânica carioca. Estão convidados os veleiros clássicos, Bico de Proa, BRA-RGS, ORC e IRC. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas na secretaria do clube até o dia 9/12 ao custo de R$ 35,00 por tripulante. Após esta data o valor sobe para R$ 70,00. Após a regata será oferecida a tradicional feijoada com a premiação da regata.

Para ver o AR completo, clique aqui.

 

Francis Joyon parte para disputa do Trofeu Julio Verne de barco mais rápido a dar a volta ao mundo

E o pessoal gosta mesmo de dar a volta ao mundo a vela. Depois da partida do italiano Gaetano Mura, em outubro, a bordo de um Classe 40; dos 28 skippers ainda na disputa da Vendée Globe, regata mais dura do mundo, pois não possui paradas e nem assistência, neste domingo foi a vez de Francis Joyon e sua equipe partirem para a disputa do Trofeu Julio Verne. A bordo do maxitrimarã de 31 metros Idec Racing, o time tentará completar as 25 mil milhas do percurso antes do dia 5 de janeiro de 2017, ou seja, em menos tempo que o atual recorde que é de 45 dias, 13 horas, 42 minutos e 53 segundos, estabelecido em 2012 por Loick Peyron e sua equipe de 13 tripulantes. Joyon veleja com apenas mais cinco, os mesmos que tentaram conquistar o troféu no ano passado.

Para acompanhar a travessia do IDEC, clique aqui.

Sobre o Trofeu Julio VerneContinuar lendo “Francis Joyon parte para disputa do Trofeu Julio Verne de barco mais rápido a dar a volta ao mundo”