Cabanga Iate Clube, de Pernambuco, será sede da Copa da Juventude 2017

O Cabanga Iate Clube de Pernambuco sediará a Copa da Juventude de 2017, considerada a maior competição de Vela Jovem do Brasil. O torneio é seletiva para o Mundial da Juventude. A previsão do atual comodoro do Cabanga, Jaime Monteiro Jr., é realizar o evento entre os dias 9 e 16 de abril na sub-sede em Maria Farinha, Litoral Norte de Pernambuco.

“O investimento na Vela Jovem é um dos grandes pilares do Cabanga. Nosso objetivo é incentivar a participação de um número recorde de jovens velejadores do nosso clube na Copa da Juventude”, comentou Jaime Monteiro Jr, destacando o ano vitorioso da vela do Cabanga em 2016. “Tivemos o campeão brasileiro geral de Optimist, Tiago Monteiro; a campeã brasileira feminino, Marina da Fonte; a dupla campeã do Brasileiro de Dingue, Leonardo Almeida e Miguel Andrade. Sem contar com o excelente desempenho da Flotilha de Optimist na Semana de Vela de Bueno Aires e das embarcações na classe Oceano com Patoruzu e Jahú 2 chegando na segunda posição das duas últimas edições da Refeno”, destacou o comodoro.

A realização da Copa da Juventude vem em um excelente momento para o Cabanga, que hoje possui um número grande de velejadores que estão deixando o Optimist por conta da idade. “Vários atletas nosso estão estourando idade do Optimist (até 15 anos) e migrando para as classes da Vela Jovem. Realizar uma competição desse porte em casa é um incentivo para essa garotada e projetará o Cabanga para o cenário nacional da vela jovem”, destacou o treinador de vela do Cabanga, Edival Júnior.

“A flotilha da Vela Jovem do Cabanga, seguindo os passos da flotilha de Optmist, começa a despontar no cenário nacional. Apesar da tímida participação na competição deste ano, realizada no Rio de Janeiro, nossos três representantes – Helena Granja, Marina Hutzler e Vinicius Gondin – marcaram oficialmente o início de uma grande flotilha que se forma. Mais de 15 atletas estão em preparação para reapresentar o Clube na Copa da Juventude do próximo ano. A comodoria do Cabanga segue investindo pesado na compra de barcos e na disponibilização de técnicos qualificados para oferecer o suporte necessário à formação desses atletas”, disse Rosana Gondin, capitã da Flotilha de Vela Jovem do Cabanga.

A Copa da Juventude reúne velejadores brasileiros abaixo de 19 anos nas classes Laser Radial; 420; RS:X; 29er e Hobie Cat 16. Os vencedores em cada classe na Copa da Juventude formam a Equipe Brasileira de Vela Jovem que irá representar o país no Mundial da Juventude. A competição é a porta de entrada para o velejador que sonha em representar o Brasil nos Jogos Olímpicos, caminho das campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze, que, antes de conquistarem a medalha de ouro na classe 49er FX nos Jogos do Rio 2016, disputaram e conquistaram a Copa Brasil e o Mundial da Juventude.

Experiências:
Além da competição dentro da água, a Copa da Juventude tem como objetivo a realização de uma verdadeira imersão no mundo da vela. Ao longo de toda competição, nomes importantes da vela nacional ministram clínicas e palestras para os jovens velejadores. O evento no Rio de Janeiro contou com a participação do medalhista olímpico, Robert Scheidt; da dupla Martine Grael e Kahena Kunze, campeãs olímpicas nos Jogos Rio 2016 na classe 49erFX, do seu técnico, Javier Torres, entre outros nomes de peso da vela nacional. “Nós queremos sempre revelar novos nomes, descobrir novos talentos. Queremos sempre incentivar a participação dos jovens nas competições”, afirmou o diretor executivo da CBVela, Daniel Santiago.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s