Gabriel Kern é campeão do Brasil Centro de OP

Este slideshow necessita de JavaScript.

Terminou neste sábado em Ilhabela o Brasil Centro de Optimist. O evento reuniu 138 velejadores e serviu como seletiva para o Mundial, Europeu e Norte-Americano. No final, o título geral ficou com o gaúcho Gabriel Kern, do Jangadeiros. Tiago Monteiro, do Cabanga, foi o vencedor da seletiva, que somou este evento com o Brasileiro, disputado em janeiro.

“Comecei o ano vencendo o Brasileiro, que foi disputado com vento fraco, que não é o meu vento, com competidores bem mais leves que eu, mas consegui fazer a média e vencer. No sul-americano não fui tão bem, pois o vento também estava fraco, mas aqui em Ilhabela eu consegui velejar melhor, com vento mais forte e estou na liderança do ranking”, disse Monteiro.

O velejador do Cabanga Iate Clube já está com 15 anos e vai disputar o seu último campeonato mundial de Optimist. “O Mundial vai ser um desafio, pois o nível vai estar alto. Vou treinar bastante e perder um pouco de peso, pois este também será um campeonato de vento fraco”, completou.

O Mundial vai ser disputado em Vilamoura, Portugal, de 25 de junho a 04 de julho de 2016. Além de Tiago também participarão da competição Gabriel Kern, Giovanne Pistorelo, Nicolas Bernal e Guilherme Plentz.

Resultados:

Veteranos

Estreantes

Acumulado Brasil Centro + Brasileiro

 

Equipe do Don’t Let Me Down começa na frente no Sul-americano de Soling

IMG_4677.JPG

O dia não foi dos melhores, mas permitiu a disputa da primeira regata do Campeonato Sul-americano da classe Soling que iniciou nesta quinta-feira no Veleiros do Sul. A programação prevista para iniciar às 13 horas sofreu atraso. No Guaíba teve vento forte, chuva e durante a regata a intensidade diminuiu variando de 5 a 8 nós. A tripulação do barco Don’t Let Me Down com Cícero Hartmann, Flávio Quevedo e André Renard, atual campeã sul-americana, começou velejando bem e cruzou a linha de chegada por primeira, seguida pelo El Demolidor, de Kadu Bergenthal, Eduardo Cavalli e Renan Oliveira. Os dois barcos tiveram uma disputa parelha no final da regata. E em terceiro a Equilibrium, de Nelson Ilha, Gustavo Ilha e Felipe Ilha.

As 11 tripulações do Brasil, Argentina e EUA tiveram que esperar em terra cerca de duas horas além do previsto para que até as condições do tempo melhorassem. A tarde começou com vento de até 37 nós e diminuiu de intensidade após a chegada de uma chuva passageira. Os barcos foram para raia e a CR largou a primeira regata. No entanto, o vento rondou bastante de noroeste para oeste deixando mais sofrida a regata para os velejadores.

O Sul-americano continua com a previsão de três regatas para esta sexta-feira a partir das 13 horas. A final será no domingo.

Fonte: VDS

Pernambucano assume a liderança do Brasil Centro de OP

O velejador do Cabanga Iate Clube de Pernambuco e atual campeão brasileiro de Optimist, Tiago Monteiro (15 anos), venceu as três regatas desta sexta-feira (22) e assumiu a liderança do Campeonato Brasil-Centro e Seletiva de Optimist 2016, que está sendo realizado, em Ilhabela/SP.

Com o resultado, Tiago se isolou na primeira colocação com apenas 11 pontos perdidos (PPs). O segundo colocado é Gabriel Kern (RS), que tem 17 PPs. O pernambucano Roberto Cardoso lidera na categoria infantil e está na sexta posição geral. Entre as meninas, Marina da Fonte ocupa a segunda colocação.

Na categoria estreante o paulista Mário Otávio lidera. Neste sábado (23), os velejadores entram na água para disputa das três últimas regatas do dia que definirá os representantes do Brasil nos três mais importantes campeonatos de Optimist do ano – Mundial, Europeu e Norte-Americano de Optimist.

O critério de classificação definido pela Associação Brasileira da Classe de Optimist (ABCO) é a junção da pontuação do Campeonato Brasileiro de Optimist, realizado em janeiro deste ano em Jurerê/SC, e do Brasil –Centro, que está sendo realizado em São Paulo até este sábado.

Resultados Acumulados

CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO

Campeonato Mundial de Optimist
Local: Vilamoura (Portugal)
Período: De 25 de junho a 04 de julho de 2016
Participação Brasileira: cinco representantes (do 1º ao 5º no Ranking 2016)

Campeonato Europeu de Optimist
Local: Crotone (Itália)
Período: 15 a 22 de julho de 2016
Participação Brasileira: quatro representantes (do 6º ao 8º menino, mais uma vaga feminina)

Campeonato Norte Americano de Optimist
Local: Antigua (Caribe)
Período: 10 a 18 de julho de 2016
Participação Brasileira: 15 representantes – (os meninos que ficarem do nono ao 19º lugar no ranking geral e mais quatro meninas)

Fonte: Cabanga

Torben Grael é atração da Star Sailors League em Hamburgo

281107_596016_ssl15ap_01785_web_

O Lago de Alster, no coração de Hamburgo, vai conhecer nos próximos dias o talento de um dos principais atletas da vela brasileira e mundial. O bicampeão olímpico da classe Star, Torben Grael, vai disputar o inédito City Grand Slam, pela Star Sailors League (SSL), entre 3 e 7 de maio na segunda maior cidade da Alemanha. A premiação total é de 100 mil dólares e os campeões somam 3.000 mil pontos no ranking da SSL. São esperadas cerca de 80 duplas de 18 países.

O barco de Torben sustenta um peso respeitável. Além de cinco medalhas olímpicas (dois ouros, uma prata e dois bronzes), mesmo número de Robert Scheidt, o multicampeão acumula quatro títulos mundiais entre as classes Star e Snipe, e duas das maiores conquistas na vela oceânica mundial: Louis Vuitton Cup e Volvo Ocean Race, a principal regata volta ao amundo. Neste mês de abril, Torben correu o Mundial em Miami, onde obteve a 12ª colocação ao lado de Guilherme de Almeida, entre 72 tripulações. Em Hamburgo, terá como proeiro o italiano Stefano Lillia, responsável pelo renomado estaleiro Lillia.

“No formato da SSL, com etapa de classificação e depois regatas eliminatórias, o importante será manter a regularidade para passar de fase. Todos querem chegar à final e esse é também o nosso objetivo, mas devido ao local, os ventos devem ser imprevisíveis”, afirma Torben que chegou à semifinal do primeiro Lake Grand Slam da SSL em setembro de 2015 no lago suíço de Neuchatel, com Guilherme. A dupla brasileira ficou em quinto lugar na Bacardi Cup deste ano, após o bronze na tradicional competição de Miami em 2014.

No ranking dos timoneiros da SSL, Torben ocupa a nona colocação. A liderança é do norte-americano George Szabo, vencedor do Lake Grand Slam e da SSL Finals das Bahamas, ambos em 2015. O tetra campeão mundial de Star, Bruno Prada, lidera entre os proeiros e também representará o Brasil no Lago de Alster. “Quero aproveitar para dar os parabéns ao Bruno, campeão há cinco dias em Miami. Quatro títulos mundiais na Star é uma proeza. Tiro meu chapéu”, elogia Torben. “O nível do City Grand Slam será realmente elevado, só não dá para apontar favoritos porque a raia será imprevisível. Apenas os velejadores locais devem conhecê-la. Será divertido”, aposta um dos velejadores mais completos do planeta.

Emoção e tecnologia ao vivo – As regatas em Hamburgo serão transmitidas ao vivo na internet com comentários de especialistas e de convidados especiais do estúdio instalado no Lago de Alster. Na água, uma equipe embarcada irá produzir imagens em alta definição, mesclando gráficos em 3D às imagens em tempo real, oferecendo a telemetria das provas em detalhes. Para mais informações acesse o site oficial do SSL City Grand Slam:http://city.starsailors.com.

A Star Sailors League (SSL) foi criada em 2013 por velejadores para atender a necessidade dos velejadores, fortalecendo a classe ainda mais diante da exclusão do programa olímpico. O primeiro grande evento foi a SSL Finals com premiação de 200 mil dólares e vitória de Robert Scheidt e Bruno Prada, em dezembro do mesmo ano em Nassau (BAH). Em 2014, os norte-americanos Mark Mendelblat e Brian Fatih venceram a final mundial. Em 2015, George Szabo e Edoardo Natucci (ITA) foram os campeões no Caribe, após Szabo vencer o primeiro Lake Grand Slam ao lado do do suíço Duccommun, na Suíça.

Fonte: SSL