Torben Grael e Guilherme Almeida são segundos na segunda regata do Mundial de Star

12973208_1051524008242918_6200666480640341828_o.jpg

O segundo dia do Mundial de Star também foi marcado por vento médio e mar picado. Torben Grael e Guilherme Almeida, que haviam sido desclassificados da regata de ontem por conta de uma bandeira preta, foram muito bem na regata desta segunda-feira, terminando em segundo lugar. Eles ocupam a 37ª colocação geral Os vencedores foram os alemães Robert Stanjek e Frithsof Kleen. Na proa de Augie Diaz, Bruno Prada assumiu a liderança da competição. Lars Grael e Samuel Gonçalves, atuais campeões, ocupam a 7a colocação geral após um 12º na regata.

Os outros brasileiros no evento são: Dino Pascolato e Henry Boening (18), Admar Gonzaga e Xandi Freitas (31º) e Frederico Viegas e Tinha Moura (59º).

O resultado completo você vê aqui: http://bit.ly/1VjpM0Y

Atualizada em 11/4 às 16h27

Marco Grael e Gabriel Borges estreiam em 55 no Europeu de 49er

12961222_10154800129514972_4403319936700533868_o.jpg

Começou nesta segunda-feira em Barcelona o Europeu de 49er. Únicos representantes brasileiros, Marco Grael e Gabriel Borges não tiveram um bom desempenho e após três regatas aparecem na 55ª colocação, em um total de 72 times. Os neozelandeses Peter Burling e Blair Tucke lideram a competição.

Apesar do resultado ruim, os meninos têm demonstrado uma grande evolução na classe, inclusive chegando na medal race do Trofeo Princesa Sofia, última grande competição antes do Rio 2016, que foi realizada em Palma de Maiorca, também na Espanha, na última semana.

Para o Europeu estão programadas 11 regatas mais a medal race e muita coisa pode mudar até o dia 16, último dia de evento. As meninas Martine Grael e Kahena Kunze, que também representarão o Brasil nas Olimpíadas, não participam da competição por que Kahena está lesionada.

Para ver o resultado completo, clique aqui.

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan disputam a medal race do Europeu de 470

12961674_971672876220268_117283421753845373_n.jpg

A dupla gaúcha Fernanda Oliveira e Ana Barbachan segue mostrando seu talento nas competições de 470. Nesta segunda-feira as meninas se classificaram para a medal race do Europeu, que está sendo disputado em Palma de Maiorca. Elas entrarão na regata na terceira colocação, ainda com chances de brigar pela prata.

Fernanda e Ana serão as representantes brasileiras na modalidade nos Jogos Olímpicos. Na semana passada elas conquistaram a prata no Trofeo Princesa Sofia, último grande evento antes do Rio 2016.

Entre os homens, os também representantes olímpicos Henrique Haddad e Bruno Bethlem encerraram a sua participação no Europeu na 31ª colocação.

Para ver o resultado completo, clique aqui.

ICS e CIR divulgam o AR da Regata Ilha das Cabras

O Iate Clube de Santos e o Clube Internacional de Regatas divulgaram esta semana o AR da Regata Ilha das Cabras, que será disputada no próximo dia 16 e será válida como primeira etapa da Copa ICS 2016. Estão convidadas as classes ORC, IRC, HPE-30, BRA-RGS e RGS SILVER. As inscrições devem ser feitas na secretaria náutica do ICS e custam R$ 30,00 por tripulante. O percurso básico será largada nas proximidades da Ponta Grossa, deixar a Ilha da Moela por Bombordo, contornar a Ilha das Cabras por Bombordo. Na volta os barcos deverão deixar a Ilha da Moela por BB, chegada nas proximidades da Ponta Grossa. A CR poderá, por motivos técnicos, acrescentar uma ou mais pernas no percurso. As alterações serão divulgadas pela CR via rádio VHF no canal 74.

Para ler o AR completo, clique aqui. Para ver o regulamento da Copa ICS, clique aqui.

 

Francis Joyon tentará conquistar o Troféu Julio Verne a partir de outubro

unnamed (36)
First aerial images of IDEC SPORT maxi trimaran, skipper Francis Joyon and his crew, training off Belle-Ile, Brittany, on october 19, 2015 – Photo Jean Marie Liot / DPPI / IDEC

Francis Joyon e mais cinco velejadores estão decididos a baixar em pelo menos uma hora o tempo de circum-navegação do globo, hoje estabelecido em 45 dias, 13 horas e 42 minutos. O time estará bordo do trimarã Idec e deverá partir entre o final de outubro e o final de janeiro. Esta será a quinta tentativa de Joyon de conquistar o tão sonhado Trofeu Julio Verne de barco mais rápido a dar a volta ao mundo.

“O objetivo ainda é o mesmo, de melhorar em pelo menos uma hora os 45 dias, 13 horas e 42 minutos do recorde estabelecido por Loick Peyron. Não há por que querer algo maior do que isso. Se ainda resta dúvida sobre a dificuldade de conquistar este recorde, lembro que dois barcos não conseguiram no último inverno. É um recorde muito difícil e por isso é muito interessante”, disse Peyron.

O barco usado por eles é o antigo Groupama 3, que depois passou a se chamar Banque Populaire VII e agora é o Idec Sport, um maxitrimarã de 31,5 metros (105 pés) de comprimento e 22,5 de boca.  Lançado em 7 de junho de 2006, foi o primeiro maxi com foils a dar a volta ao mundo.

Na primeira tentativa de conquistar o Trofeu Julio Verne com a equipe de Franck Cammas, sob o nome de Groupama 3, o barco capotou próximo à Nova Zelândia no dia 18 de fevereiro de 2008, quando estava a mais de um dia à frente do recorde estabelecido pelo Orange II (50 dias, 16 horas, 20 minutos e 4 segundos). A tripulação foi resgatada e o barco reconstruído.

No dia 5 de novembro de 2009 o time de Cammas saiu novamente para tentar quebrar o recorde de volta ao mundo, mas quebrou na costa africana. Muito persistentes, eles saíram uma terceira vez em 31 de janeiro de 2010 e, mesmo passando a maior parte do tempo velejando atrás do recorde do Orange II, conseguiram pegar uma condição perfeita no final e estabeleceram um novo recorde, de 48 dias, 7 horas, 44 minutos e 52 segundos.

Em 2012 um novo recorde foi estabelecido com Loick Peyron a bordo do Banque Populaire V de 45 dias, 13 horas, 42 minutos e 53 segundos.

Ficha do barco:

Arquitetos: VPLP team (Van Péteghem-Lauriot Prévost)

Comprimento: 31.50 m

Boca: 22.50 m

Dislocamento: 18,000 kg

Altura do mastro: 33.50 m

estrutura: carbon-Nomex

Área vélica de contravento: 411 m2

Área vélica de popa: 678 m2

Data de construção: June 2006

 

Dobradinha em família na Copa Aniversário do Cabanga

image2 (1)

O Cabanga Iate Clube de Pernambuco fez aniversário e, claro, comemorou do jeito que todo velejador gosta: com regata. Na classe Dingue, doze barcos foram para a água em um percurso que ligou a sede (no Marco Zero) e a sub-sede (em Maria Farinha) do clube.

Já na largada a dupla Paulo e Miguel Andrade assumiu a ponta, abrindo uma certa vantagem sobre o resto da flotilha. Em Olinda, Rafael Chiara e Marcelo Souza estavam em segundo, enquanto René Hutzler e Alan Durand estavam em terceiro, porém Luciana Raposo e Francisco Andrade pegaram uma rajada melhor e assumiram o segundo lugar, garantindo a dobradinha em família.

Resultado final:

  1. 4621 – Paulo Andrade / Miguel Andrade
  2. 4553 – Luciana Raposo / Francisco Andrade
  3. 1473 – Rafael Chiara / Marcelo Souza

Para ver a súmula completa, clique aqui.

Ginga é pentacampeão paulista de HPE25

12901531_10209237805802677_5043617137805202523_o

Terminou neste domingo na Guarapiranga o Campeonato Paulista de HPE25. Depois de nove regatas o Ginga, de Breno Chvaicer, mostrou que segue em plena forma e conquistou o quinto título estadual, o quarto consecutivo. ”O desempenho foi muito bom da nossa equipe! Até a última regata nada estava decidido, o que aumentou o nível das provas. Foram muitas trocas de posição, mas prevaleceu o nosso entrosamento e a calma nos momentos de maior dificuldade. Controlamos bem a situação”, disse o comandante Breno.

Esta foi a primeira vez que os HPE25 correram na Guarapiranga. Assim como na praia, a competição foi bastante disputada, com o título sendo definido apelas na última regata. Para ver o resultado completo, clique aqui.

 

 

Lars Grael e Samuel Gonçalves são os melhores brasileiros na estreia do Mundial de Star

12977178_1050892918306027_4496004797968025613_o

O Mundial de Star começou neste domingo em Miami com vento bom, entre 15 e 18 nós, e mar picado. Como manda a tradição, apenas uma regata é realizada por dia e os americanos George Szabo e Steve Mitchell largaram na frente. Na proa do também americano Augie Diaz, Bruno Prada, o melhor proeiro do mundo, ocupa a terceira colocação. Lars Grael e Samuel Gonçalves, atuais campeões mundiais, são os melhores brasileiros, em nono. Torben Grael e Guilherme Almeida não tiveram sorte e foram desclassificados por conta de uma bandeira preta. O Brasil tem ainda mais três representantes: Dino Pascolato e Henry Boening (26), Admar Gonzaga e Alexandre Freitas (28) e Frederico Viegas e Tinha Moura (51).

A competição segue até o dia 16 e tem mais cinco regatas programadas. O resultado completo pode ser visto aqui.