Vela mata mais que futebol, indica estudo americano

12968041_1069600499747932_5590582740004710562_o

Um estudo americano baseado em dados da Guarda Costeira e feito pelo Rhode Island Hospital descobriu que a vela tem uma taxa de mortalidade maior que futebol e ski downhill. E os motivos mais conhecidos são ventos fortes, cair do barco em um mar ruim e falta de atenção, além do uso do álcool, que é responsável por 15% das mortes.

“Afogamento era a causa mais comum e infelizmente 82% das vítimas não estava usando colete salva-vidas”, disse Andrew Nathanson, médico de emergência do hospital. “Estas mortes poderiam ser evitadas se os skipperes e os tripulantes usassem salva-vidas, não bebessem a bordo e prestassem sempre atenção enquanto a bordo”, completou.

A maioria dos casos resgistrados entre 2000 e 2011 aconteceu quando o tripulante caiu na água. A intoxicação alcóolica foi o maior fator causador de morte, seguido pela inexperiência e falta de atenção. Juntos os dois fatores somam 37% das mortes no período de estudo. Mar revolto aparece com 28% das causas de morte.

Por lei todos os acidentes e incidentes com barco devem ser reportados à Marinha, que abastece um banco de dados com estas informações. Foram analisados 4180 casos, com 217 mortes e 841 feridos, o que dá uma estimativa de morte de 1,19 por milhão de pessoa velejando por dia nos EUA. Esta taxa cai para 1,06 por milhão de pessoas esquiando por dia. Durante os 11 anos de estudo foram relatadas 271 mortes de velejadores, enquanto este número para jogadores de futebol foi de 197.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s