REFENO: Primeiras embarcações começam a chegar no Cabanga

Barcos.jpg

Faltando 11 dias para o início da Refeno, o clima da maior regata oceânica da América Latina já se faz presente no Cabanga Iate Clube, com a chegada das embarcações inscritas na disputa. Além dos barcos recifenses, outros 18 já atracaram na capital pernambucana.

As embarcações que já chegaram ao Recife são: Pinquin, Dadu, Tucarnus, Entre Pólos, Anakena, Aya, Yarebe, Toro, Zenith, J One, Yara, Caboge, Marina Antônia, Jahú, Labadee, RS 1, Audaz e Charada.

Esse número irá crescer bastante nos próximos dias, com a proximidade da largada da Refeno, realizada no dia 29 de setembro, no Marco Zero. Ao todo, 61 embarcações já estão inscritas na edição 2018 da competição.

Doze Estados serão representados na edição 2018 da Refeno. Além dos pernambucanos, teremos embarcações de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. As inscrições ainda estão abertas até 27 de setembro e podem ser feitas clicando aqui.

Inspeção dos barcos para a 30ª Refeno começa nesta segunda-feira (17)

Cabanga Refeno 2018 - Inspeção Marinha - Fotos Tsuey Lan Bizzocchi-4.jpg

As embarcações que vão participar da 30ª Regata Recife-Fernando de Noronha começaram a ser inspecionadas pela Marinha a partir desta segunda-feira (17). O agendamento deve ser feito através do e-mail secretaria@refeno.com.br e as vistorias acontecem até o dia 26 de setembro, a partir das 9h30.

A Marinha do Brasil reforça a importância de os itens de segurança estarem todos inspecionados dentro do prazo de validade para as embarcações que vão disputar a Refeno 2018. Neste ano, a partida será no dia 29 de setembro, ao meio-dia, no Marco Zero do Recife. Continuar lendo “Inspeção dos barcos para a 30ª Refeno começa nesta segunda-feira (17)”

Zarif termina evento-teste para Tóquio 2020 em quarto lugar

Japan World Cup Series

A Equipe Brasileira de Vela encerrou neste domingo, dia 16, sua participação no primeiro evento-teste para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, na raia de Enoshima, no Japão. No último dia de competição, a expectativa era pela regata da medalha da classe Finn, com Jorge Zarif em busca de mais um pódio. Mas a prova foi cancelada pelas más condições do clima e o velejador brasileiro terminou em quarto lugar, com 43 pontos perdidos.

O evento-teste em Enoshima também foi válido como primeira etapa da temporada 2018/2019 da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela), e o Brasil conquistou uma medalha de ouro na última sexta-feira, com Martine Grael e Kahena Kunze na classe 49er FX. Continuar lendo “Zarif termina evento-teste para Tóquio 2020 em quarto lugar”

Em Enoshima, Martine e Kahena garantem o primeiro ouro para o Brasil

unnamed (35)

O Brasil já tem um ouro garantido antes mesmo do fim do primeiro evento-teste da vela para Tóquio 2020. Dominantes durante toda a semana, Martine Grael e Kahena Kunze entram na regata da medalha da madrugada deste sábado para domingo, às 3h15 (de Brasília), com a primeira posição garantida na classe 49er FX, com 11 pontos perdidos. A disputa na raia de Enoshima, no Japão, é a mais importante competição de 2018 no caminho rumo aos Jogos Olímpicos. Nesta sexta-feira, o mau tempo cancelou as regatas, o que confirmou que as brasileiras não podem mais ser alcançadas pelas rivais.

“A gente nunca venceu um campeonato por antecipação, é o primeiro. Para a gente é bem importante saber que consegue velejar bem na raia olímpica. Fizemos uma preparação boa para cá”, afirmou Martine Grael.

“Estou muito feliz. A gente teve uma semana muito produtiva, velejou com a cabeça. Apesar do tempo que ficamos sem velejar juntas, estamos muito sincronizadas e conseguimos fazer um belo campeonato”, disse Kahena. Continuar lendo “Em Enoshima, Martine e Kahena garantem o primeiro ouro para o Brasil”

No Japão Brasileiros seguem no Top 10 no Evento Teste da Olimpíada

unnamed (34)

O terceiro dia de competições do evento-teste de Vela para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 apresentou um novo desafio para os velejadores. Depois de dois dias muito constante, o vento não apareceu por lá nesta quinta-feira, 13/09. A classe 49erFX completou apenas uma regata, que Martine Grael e Kahena Kunze venceram. A dupla abriu 26 pontos na liderança para as britânicas Charlotte Dobson e Saskia Tidey, que estão em segundo lugar com 11 pontos. Jorge Zarif, na Finn, caiu para a terceira colocação, mas segue na briga pelo título. Patrícia Freitas, na RS:X, aparece em 12º.

A disputa da classe 49erFX conta com 24 barcos e esta sexta-feira, 14/09, será o último dia e regatas classificatórias para a medal race, que acontece no sábado. O evento reúne 450 velejadores de 45 países e é o primeiro contato dos atletas com a região e uma ótima oportunidade para conhecer o local há pouco menos de dois anos para os Jogos Olímpicos.

Mais informações: https://wcs-enoshima.org/

Clique aqui para resultados

Martine Grael e Kahena Kunze disparam na liderança do evento-teste no Japão

unnamed (33)

Seis regatas, três vitórias e a liderança absoluta do evento-teste de Vela para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A dupla brasileira Martine Grael e Kahena Kunze está fazendo uma excelente participação na competição, que também é válida como uma das etapas da Copa do Mundo de Vela. Nesta quarta-feira, 12/09, as campeãs olímpicas venceram duas das três regatas do dia e descartaram um 13º lugar, somando 10 pontos. Também estão representando o Brasil no evento Jorge Zarif, da classe Finn, que venceu uma regata nesta quarta-feira e ocupa a segunda colocação, empatado com o primeiro, e Patricia Freitas, na RS:X, que ocupa a oitava colocação.

“É bom ter a Martine e a Kahena de volta, acho que isso só eleva o padrão das regatas”, comentou Alex Maloney, medalha de prata na Rio 2016. “Eles estão navegando bem e é ótimo tê-los na corrida novamente”.

Vale lembrar que essa é a segunda competição da dupla brasileira em 14 meses, uma vez que Martine Grael disputou a Volvo Ocean Race na última temporada. Para esta quinta-feira, 13/09, estão previstas mais três regatas. A disputa da classe 49erFX conta com 24 barcos e a medal race acontece para sábado, 15/09.

Também estão representando o Brasil no evento Jorge Zarif, da classe Finn, que venceu uma regata nesta quarta-feira e ocupa a segunda colocação, empatado com o primeiro, e Patricia Freitas,

Mais informações: https://wcs-enoshima.org/

Clique aqui para resultados

Grael/Kunze estreiam com vitória e lideram evento-teste em Enoshima

unnamed (32)

Na madrugada desta terça-feira (11/09) a dupla brasileira Martine Grael e Kahena Kunze estreou no evento-teste de Vela para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 com vitória. Nas três regatas disputadas as campeãs olímpicas garantiram o primeiro, o segundo e o quinto lugar, resultado descartado até o momento. A dupla está apenas um ponto na frente das neozelandesas Alex Maloney e Molly Meech e das dinamarquesas Ida Marie Baad Nielsen Marie Thusgaard Olsen, empatadas com 4 pontos.

A dupla da Nova Zelândia já é adversária conhecida de Martine e Kahena. Elas brigaram pelo ouro na Rio 2016 com um diferença de apenas 2 segundos. E se o primeiro dia de regatas em Enoshima valesse o pódio de Tóquio 2020 essa margem seria ainda menor. A disputa ao longo dessa semana promete grandes emoções. A competição também é válida como a primeira etapa da temporada 2018/2019 da Copa do Mundo de Vela. Para essa madrugada estão previstas mais três regatas para a classe 49erFX.

O evento reúne 450 velejadores de 45 países e é o primeiro contato dos atletas com a região e uma ótima oportunidade para conhecer o local há pouco menos de dois anos para os Jogos Olímpicos. A disputa da classe 49erFX conta com 24 barcos e a medal race está prevista para sábado, 15/09.

Mais informações: https://wcs-enoshima.org/

Clique aqui para resultados

Da assessoria

Copa Aniversário de Dingue mistura regata com gincana em Pernambuco

No último domingo a Classe Dingue Pernambuco comemorou os 18 anos de fundação da antiga Flotilha Dingue de Pernambuco (Flodinpe), com uma regata-gincana. Repetindo o sucesso do formato inaugurado no ano passado, a prova foi realizada em frente à sub-sede do Cabanga Iate Clube no Rio Timbó (Maria Farinha). Ao fugir do tradicional modelo de regatas, a ideia era realizar uma brincadeira que misture a celebração do prazer de velejar com a prática de aproximação de marcas e precisão no manejo do barco.

A gincana envolve a distribuição de três botes infláveis e dois Optimists (cascos) em locais fixos ao longo do Rio. De acordo com a distância, cada bote contém uma bola com determinado valor (1, 2 ou 3 pontos). Já os Optimists contém tipos variados de bônus, que podem somar ou subtrair da pontuação geral. Para completar a brincadeira, duas bolas-coringa ficaram escondidas ao longo do percurso, itens esses os quais conferem aos barcos que as recolherem a incumbência de remover pontos de outros barcos. Continuar lendo “Copa Aniversário de Dingue mistura regata com gincana em Pernambuco”

Cabanga vence em todas as categorias no Norte/Nordeste de Optimist

NE Optimist 2018 - Fotos Tsuey Lan Bizocchi-4.jpg

O Cabanga recuperou a hegemonia da vela regional ao conquistar o título do Campeonato Norte/Nordeste de Optimist em todas as categorias. Júlia Ollivier, Júlio Avellar, Roberto Cardoso Filho e Valentina Guimarães foram os campeões do torneio, finalizado neste sábado (8), na sede de Maria Farinha do clube.

Na categoria veterano, Roberto Cardoso Filho assumiu a liderança ainda no segundo dia de competição para terminar como o grande campeão. A segunda posição ficou com Antônio Roma, também do Cabanga, e João Pedro Cardoso completou o pódio em terceiro.

O título do feminino foi conquistado por Júlia Ollivier, que ficou na quinta colocação no geral. Anita Zirpoli foi a vice-campeã e Thaís Freires terminou na terceira colocação. Entre os estreantes, Valentina Guimarães Araújo venceu a competição, seguida por Lucas Sant’Anna e Milena Araújo.Enquanto no Infantil, Júlio Avellar foi o campeão. Todos do Cabanga. Continuar lendo “Cabanga vence em todas as categorias no Norte/Nordeste de Optimist”

Daniel Dantas vence o Norte-Nordeste de Laser

Fotodanieldantas

O velejador Daniel Dantas foi campeão geral do Campeonato Norte/Nordeste da classe Laser, disputado na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte. As provas começaram a serem disputadas na última sexta-feira (07/09).

Daniel Dantas disputou na categoria Senior e venceu quatro das cinco regatas que disputou. Na única prova em que não saiu vencedor, acabou no segundo lugar. O atleta do Cabanga Iate Clube ocupou a liderança com seis pontos perdidos. Para se ter ideia da disparidade do velejador no campeonato, o segundo colocado, o alagoano Wellington Teotonio, teve 18 pontos perdidos.

Além de Daniel, outros dois velejadores do Cabanga Iate Clube conseguiram bons resultados em Natal. José Sebastião Lins e Oscar Barbosa ficaram em terceiro e quarto, respectivamente, na categoria Ggmaster. No geral, ficaram em 11º e 12º, nessa ordem.

O título do pernambucano no Rio Grande do Norte foi apenas mais uma vitória do Cabanga neste final de semana. Na sede de Maria Farinha, onde foi disputado o 45º Norte/Nordeste de Optimist, o clube ficou em primeiro em todas as categorias do torneio. No geral, o título ficou com Roberto Cardoso Filho, enquanto que no feminino o troféu foi para Júlia Ollivier. Já no infantil masculino, Júlio Avellar ficou com a taça. E, entre os estreantes, Valentina Guimarães terminou o campeonato no topo.

da assessoria