Bacia do Pina recebe Circuito Recifense de Veleiros de Oceano

Cabanga 2018 - fotos Tsuey Lan Bizzocchi-26.jpg
O próximo final de semana será das grandes embarcações na capital pernambucana. Nos dias 20 e 21 de outubro será realizado o Circuito Recifense de Veleiros de Oceano, com partida e chegada no Marco Zero. A competição é válida pelo Campeonato Pernambucano de Oceano 2018.
As duas primeiras regatas serão realizadas no sábado (20), com o início dos procedimentos de partida da partida inicial às 10:00h. Enquanto a última disputa acontecerá no domingo, às 11h. O percurso das regatas será definido pela Comissão de Regata de acordo com as condições de vento.
As inscrições podem ser feitas na Secretaria do Cabanga ou na Reunião dos Comandantes, nesta quinta-feira (18). O custo é de R$ 50 por tripulante.
Da assessoria

Aichach mantém liderança após disputada III Etapa do Pernambucano de Dingue

III Etapa do Pernambucano de Dingue
A III Etapa do Campeonato Pernambucano de Dingue, realizada no último domingo (14), em Maria Farinha, foi acirrada. Três barcos disputaram a liderança nas três regatas, dois saíram como vencedores, mas o Aichach manteve a liderança da competição.
O Aichach, de René Hutzler e Cleide Holanda, venceu a primeira regata seguido por Kamikaze, de Leonardo Almeida e Sofia Hutzler, e com o Caso Sério, com Hans Hutzler e Karina Hutzler, em terceiro. Os três barcos voltaram a brigar pela vitória nas duas regatas seguintes. Porém, o Kamikaze não deu espaço aos concorrentes e terminou na primeira colocação nas duas disputas.
Mesmo depois de finalizar a segunda regata na vice-liderança e a terceira no terceiro lugar, o Aichach segue na liderança do Pernambucano de Dingue com 9 Pontos Perdidos (PPs). O Gudino segue no segundo lugar com 20 PPs, mas o Kamikaze encostou e tem 23 PPs.
A última etapa do Campeonato Pernambucano de Dingue será realizada no dia 4 de novembro. Na sequência, entre 15 e 18 de novembro, em Brasília, os velejadores do Cabanga disputarão o Brasileiro da classe.

Da assessoria

Volta a Ilha dos Arvoredos encerra Paulista de Oceano

348239_832903_qw2a8669_web_.jpg

Neste ano, a Regata Volta da Ilha dos Arvoredos teve um gostinho especial. Afinal, em 2018, completamos 60 anos da primeira disputa criada por Fernando Lee, associado do ICS e então proprietário da ilha.

As quatorze tripulações inscritas largaram às 12h de sexta-feira, 12 outubro, da Baía de Santos e percorreram  17 milhas náuticas com mar grosso, mas com bons e constantes ventos.

Campeão da edição comemorativa, o veleiro Lexus/Chroma (Luiz Gustavo de Crescenzo) cruzou a linha de chegada em 3h36m14s, seguido pelas embarcações Argos (Jaime Curpetino) e Rudá (Mário Martinez).

O Iate Clube de Santos premiou os vencedores na noite de sábado, 13 de outubro, em um animado jantar. A regata também valeu pontos para a 3ª e última etapa da Copa ICS de Regatas de Percurso e abriu a 3ª e última etapa do Campeonato Paulista de Oceano que encerra a temporada 2018, no domingo, 14 de outubro, com um coquetel de premiação oferecido pelo Iate Clube de Santos, no Mirante da sede Guarujá.

Confira a súmula completa, aqui.

Da assessoria / foto: Douglas Moreira

Jorge Zarif e Guilherme Almeida são campeões mundiais de Star

A vela brasileira está mais uma vez no topo do pódio. Jorge Zarif e Guilherme de Almeida conquistaram neste sábado, dia 13, em Oxford, nos Estados Unidos, o Campeonato Mundial da classe Star, uma das mais tradicionais e importantes do mundo. Ao fim de seis regatas disputadas ao longo da última semana, a dupla de velejadores terminou com apenas 14 pontos perdidos. 

Elvind Mellby e Joshua Revkin, campeões em 2017, ficaram com a prata, representando a Noruega (19 p.p.). E o brasileiro Arthur Lopes, velejando ao lado do americano Paul Cayard, levou a medalha de bronze (24 p.p.). Também representaram o Brasil Pedro Trouche, que velejou na proa do americano Thomas Hornos, terminando na 7ª colocação, e Bruno Prada, na proa de Augie Diaz, terminando em 13º. Continuar lendo “Jorge Zarif e Guilherme Almeida são campeões mundiais de Star”

Regata Volta a Ilha dos Arvoredos será disputada nesta sexta em Santos

348094_832439__aas4013_edit___jpeg___internet_web_

Neste 12 de outubro a Vela de oceano será o assunto da vez na sede Guarujá do ICS. Velejadores das classes ORC, IRC e RGS têm um encontro marcado para três dias de regatas. Na sexta, às 12h o destino será a Ilha dos Arvoredos que contará pontos para a 3ª e última etapa da Copa ICS de Regatas de Percurso e do Campeonato Paulista de Oceano (FEVESP).

Até o momento as tripulações inscritas são: Bravo, Asbar IV, Rudá e Orson além do Daddy-O, da classe Mini Transat, convidada a título de exibição especialmente para esta edição de 60 anos que terá jantar de premiação no sábado, 13 de outubro, às 20h no salão social da sede Guarujá, com a presença da SUUNTO, marca finlandesa de relógios esportivos, que premiará pelo sétimo ano consecutivo os comandantes vencedores da Regata Volta da Ilha dos Arvoredos. Continuar lendo “Regata Volta a Ilha dos Arvoredos será disputada nesta sexta em Santos”

Jorge Zarif estreia em segundo no Mundial de Star

43666361_1952060051522638_2160840678462980096_o

Depois de três dias em terra por falta de vento, finalmente as 60 duplas que disputam o Mundial de Star puderam velejar em Maryland, nos EUA. Duas regatas foram realizadas e a dupla brasileira Jorge Zarif /  Guilherme Almeida aparece na segunda colocação. Arthur Lopes, que corre na proa de Paul Cayard, está em segundo.

Na segunda regata do dia, Jorginho e Guilherme chegaram a liderar até o último popa, mas acabaram na terceira colocação. Com o segundo lugar na primeira regata, somam cinco pontos, três a mais que os líderes Eividin Melleby e Joshua Revkin.

Também representam o Brasil no Mundial Bruno Prada, que veleja na proa de Augie Diaz, na 9ª colocação, e Pedro Trouche, que veleja na proa de Thomas Hornos, na 15ª colocação.

Os resultados completos podem ser vistos aqui.

Terceira etapa do Pernambucano de Dingue será disputada neste domingo

Campeonato Pernambucano Dingue 2018 Cabanga - Fotos Tsuey Lan Bizzocchi-22.jpg
Os velejadores do Cabanga disputarão, neste domingo (14), a III Etapa do Campeonato Pernambucano da classe Dingue. Os atletas participarão de duas regatas, a partir do meio-dia, em Maria Farinha.
Os atuais líderes da competição são René Hutzler e Eduarda Buás, com o barco Aichach, que venceram a última etapa, em julho, com seis Pontos Perdidos (PPs). A segunda posição é do Gudino, de José Araújo e Jhonas Gomes, com 12 PPs. E em terceiro estão Leonardo Almeida e Sofia Hutzler, com o Kamikaze, e 22 PPs.
O Campeonato Pernambucano, que terá a última etapa no dia 4 de novembro, servirá de preparação para o Brasileiro. A competição nacional será realizada entre os dias 15 e 18 de novembro, em Brasília, e o Cabanga já tem seis barcos inscritos.
Da assessoria

Nova Regata de Volta ao Mundo (ex-VOR) está tomando forma

unnamed (38)

A nova Regata de Volta ao Mundo Tripulada (Fully Crewed Around the World Race – FCAWR) está tomando forma. Com a saída da Volvo como patrocinadora oficial, a regata ainda não tem um nome oficial, mas já se sabe como serão os barcos usados na competição. A classe IMOCA com fóils terá a bordo cinco ou seis tripulantes, enquanto a VO65 será tripulada por jovens velejadores.

O calendário e a rota ainda não estão 100% definidos, mas já se sabe, de acordo com um primeiro aviso de regatas, que as inscrições serão abertas no dia 11 de dezembro de 2018 e a regata será disputada entre 2021 e 2022. Serão nove pernas, com oito paradas incluindo a América do Sul, Austrália/Nova Zelândia, Ásia, EUA e Europa. A largada será dada em Alicante, na Espanha, mesmo ponto de partida das últimas VOR.

A classe IMOCA deverá ser a mais numerosa. Segundo comunicado oficial, existem de 16 a 18 barcos que são elegíveis e espera-se entre 10 e 15 barcos na linha de largada. Vale ressaltar que só podem participar os barcos construídos depois de 2010. “Estamos trabalhando de perto com os vários times. Todos estão ficando animados e esse trabalho deverá valer a pena”, disse Antoine Mermod, presidente da classe IMOCA.

foto: Thierry Martinez

 

1ª Regata Marina Itajaí Marejada acontece neste sábado

unnamed (37).jpg

O Iate Clube de Santa Catarina sedia, em parceria com a Marina Itajaí, a 1ª edição da Regata Marina Itajaí Marejada neste sábado (6). Válida como sétima etapa da Copa Veleiros de Oceano a regata define ainda os campeões catarinense da temporada em um percurso de 35 milhas náuticas (aproximadamente 65 quilômetros) entre a Sede Oceânica do Veleiros da Ilha, em Jurerê, e Itajaí.

A regata terá duas largadas, ambas saindo de Jurerê. A primeira delas será às 10h para as classes RGS, RGS Cruzeiro e Bico de Proa, enquanto às 11h largam os veleiros das classes ORC, IRC e C30. A expectativa é de que 30 equipes do estado de Santa Catarina participem do evento e que as primeiras embarcações completem o percurso próximo das 17h.

“A Regata Marejada é um evento importante no calendário do Iate Clube de Santa Catarina. Além de ser uma das etapas da Copa Veleiros de Oceano a regata faz parte do Campeonato Catarinense de Oceano e tem um percurso desafiador entre Jurerê e Itajaí, o que é um atrativo para todas as tripulações. Esperamos todos os barcos na raia para uma linda festa”, diz Ildefonso Witoslawski Junior, Comodoro do Iate Clube de Santa Catarina. Continuar lendo “1ª Regata Marina Itajaí Marejada acontece neste sábado”

Em 5º na Optimist, Miguel Moura é o melhor brasileiro na SV Buenos Aires

Miguel Moura Machado_Semana de Vela Buenos Aires.jpg

Após dois finais de semana e seis regatas disputadas a Semana de Vela de Buenos Aires, na Argentina, foi encerrada neste domingo, 30, e o velejador do Iate Clube do Espírito Santo, Miguel Machado, de 12 anos, segue escrevendo seu nome na vela brasileira.  O atleta garantiu o 5º lugar geral na competição e foi o brasileiro melhor colocado.

Com 250 velejadores na raia, o capixaba mostrou que pode representar bem o Brasil em competições internacionais. “Fiquei com a sensação de dever cumprido, por ter conseguido ótimos resultados e ser o brasileiro melhor colocado.  A competição foi muito boa, produtiva, e importante para me fortalecer, foi uma experiencia diferente, onde ganhei minha primeira regata internacional. Mesmo já tendo competido fora do Brasil, com atletas de vários países, lá o clima era mais frio, as condições eram diferentes. É gratificante ver que meu esforço com os treinos, faz com que eu esteja evoluindo e possa seguir alcançando meu objetivo que é melhorar sempre”, comenta o velejador. Continuar lendo “Em 5º na Optimist, Miguel Moura é o melhor brasileiro na SV Buenos Aires”